HP processada por enganar clientes com as suas impressoras

HP processada por enganar clientes com as suas impressoras

16 Agosto, 2023 0 Por Joel Pinto

Uma ação coletiva contra a HP foi autorizada por um juiz nos Estados Unidos. No centro desta decisão estão as milhares de reclamações, de utilizadores, que dão conta de que a fabricante restringe voluntariamente algumas das suas impressoras multifuncionais.

Para ser mais preciso, os reclamantes afirmam que certos recursos adicionais, como digitalização, ficam inacessíveis quando pelo menos um cartucho (preto, azul, magenta ou amarelo) está vazio ou considerado muito fraco pelo dispositivo. De fato, vários utilizadores afirmam não conseguir digitalizar ou enviar um documento, por fax, quando o nível de tinta de um cartucho está muito baixo ou vazio.

“O que a HP não diz é que se algum dos cartuchos entre eles estiver muito baixo, vazio ou danificado, a função de digitalização da impressora multifuncional será desativada e não funcionará como anunciado.”, podemos ler na reclamação. “Nenhum dos anúncios ou materiais de marketing da HP divulga que as suas impressoras multifuncionais não digitalizam documentos quando os cartuchos de tinta estão com pouca tinta, ou vazios.”

Os autores originalmente entraram com uma ação de primeira classe em 2022, que foi indeferida pela juíza federal Beth Labson Freeman. Mas contra todas as probabilidades, o magistrado decidiu autorizar os queixosos a uma nova ação coletiva. Além disso, o juiz recusou a tentativa da HP de negar provimento ao recurso. Ou seja, a empresa vai mesmo ter que se explicar na Justiça.

HP acusada de limitar funções das multifunções

Por enquanto, a marca ainda não reagiu oficialmente a esta situação. Observe que esta não é a primeira vez que a HP se encontra no banco dos réus por práticas questionáveis. No passado, a empresa já havia sido apontada por favorecer os seus cartuchos de tinta em detrimento daqueles que são fabricados por terceiros. Isso, portanto, obrigou os consumidores a comprar exclusivamente os seus tinteiros, e naturalmente a um preço mais alto.

FONTE

Joel Pinto
 | Website

Fundador do Noticias e Tecnologia, e este foi o seu segundo projeto online, depois de vários anos ligado a um portal voltado para o sistema Android, onde também foi um dos seus fundadores.