A grande evolução das porcas rebite

A grande evolução das porcas rebite

11 Fevereiro, 2021 0 Por admin

Nos últimos anos, os fabricantes de porcas de rebite vêm introduzindo diversas melhorias nessas peças, com o intuito de oferecer itens mais resistentes e confiáveis, uma vez que alguns setores da indústria já demandavam por soluções cada vez mais específicas. A título de exemplo, as porcas de rebite são usadas de diferentes formas na indústria automotiva e nos segmentos da engenharia biomédica e da engenharia elétrica.

Por esse motivo, a porca de rebite sofreu uma grande transformação, que se reflete nos vários tipos de rebite que se encontram disponíveis no mercado nos dias de hoje. Nem todas as porcas de rebite são iguais e por isso é muito importante analisar bem as suas principais características, pois dependendo da aplicação, é mais conveniente apostar em um ou outro tipo.

Qual é a utilidade das porcas de rebite?

Para quem não sabe, as porcas de rebite são comumente utilizadas para unir peças de espessura reduzida com total segurança. Ou seja, esses itens permitem obter um fio fiável e resistente, ideal para estruturas mistas e leves, que requerem soluções de ótima fixação. Além disso, esses tipos de rebite são altamente recomendados para os casos em que não é possível fazer um rosqueamento.

No geral, se esses tipos de porca de rebite se caracterizam por algo, é por sua alta resistência e sua grande versatilidade. Como já mencionamos antes, essas porcas para rebitar estão em alta demanda em diversos setores da indústria, como o automotivo e de engenharia. Portanto, não é de se surpreender que os fabricantes tenham melhorado a sua qualidade com o passar do tempo.

As porcas de rebite são facilmente colocadas em peças finas, que podem ser feitas de metal, plástico e até mesmo cerâmica. Isso é possível graças ao material com o qual as porcas de rebite são fabricadas, pois elas geralmente são feitas em aço, aço inoxidável ou alumínio. Durante a sua instalação, não são produzidos e emitidos gases ou vapores tóxicos, portanto esse é um processo totalmente seguro.

Quais tipos de porcas de rebite existem no mercado?

Hoje em dia, as pessoas podem encontrar uma grande variedade de porcas de rebite na Internet, pois algumas empresas especializadas na área optaram por oferecer seus produtos no ambiente virtual. Para tirar as suas dúvidas e saber mais sobre essas peças, a seguir vamos analisar os tipos de rebite RIVKLE mais relevantes da atualidade.

Porca de rebite cego padrão RIVKLE

Esse é um dos tipos de porca de rebite mais usados no mercado, pois ele se adapta a uma infinidade de aplicações diferentes. É um elemento muito diversificado, que pode ser adquirido em vários formatos, pois existem diferenças tanto na forma da cabeça, que pode ser plana, fresada ou reduzida, como também na forma do corpo - lisa, serrilhada, hexagonal ou semi-hexagonal. Além disso, o corpo da porca de rebite pode ser aberto ou fechado.

Porca de rebite cego

Porca de rebite cego

Porca de rebite RIVKLE em aço inoxidável

Como já mencionamos, o aço inoxidável se tornou um dos materiais mais utilizados na fabricação de porcas de rebite. Mas que diferença faz ter porcas de aço ou alumínio? As porcas de rebite de aço inoxidável são as que oferecem uma maior resistência à corrosão, além de serem mais resistentes às mudanças de temperatura.

Porca de rebite RIVKLE SFC

Alguns setores industriais, como as fábricas de plástico, exigem porcas de rebite muito especiais que, por um lado, sejam resistentes às peças de plástico, mas por outro, também não lhes causem nenhum tipo de dano. Para estes casos muito específicos, é melhor adquirir porcas de rebite RIVKLE SFC - Smart For Composite, pois elas são as mais indicadas para esse tipo de uso.

Porca de rebite RIVKLE SFC

Porca de rebite RIVKLE Sealcote

Esse é outro tipo de porca de rebite, exigida em diversas indústrias, que destaca-se pela sua enorme resistência à água salgada. Estamos falando de porcas de rebite RIVKLE Sealcote, que se caracterizam por incorporar um produto especial que as torna resistentes à água do mar. Além disso, essas porcas de rebite são muito resistentes a pressões e temperaturas de até 150ºC.

Porca de rebite de alta resistência RIVKLE HRT

Finalmente, não podemos esquecer as porcas de rebite de alta resistência, pois elas oferecem grandes vantagens em relação às porcas de rebite padrão. Entre seus vários benefícios, essas porcas de rebite reduzem o peso das fixações, possibilitam o uso de dimensões menores e aumentam o torque de aperto para obter uma pré-carga maior na junta.

Ajude-nos a crescer, visite a nossa página do Facebook e deixe o seu gosto, para ter acesso a toda a informação em primeira mão. E se gostou do artigo não se esqueça de partilhar o mesmo com os seus amigos. Siga-nos também no Google Notícias, selecione-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.