Google tenta sensibilizar a Apple para substituir o SMS pelo RCS

Google tenta sensibilizar a Apple para substituir o SMS pelo RCS

21 Julho, 2021 Não Por Joel Pinto

Cada vez mais implementado nos dispositivos Android, o RCS é o substituto natural do SMS, e com as vantagens que o mesmo tempo. A dar força a isso, a Google activou recentemente a criptografia de ponta-a-ponta nessa tecnologia, tornando o RCS significativamente mais seguro do que o ultrapassado SMS.

A verdade é que com o RCS, as fotos e vídeos enviados contam com melhor qualidade, as conversas em grupo são mais fáceis de serem geridas, e acima de tudo não tem custos para os utilizadores já que é possivel a sua utilização através de uma rede Wi-Fi.

Mas até ao momento, os dispositivos da Apple, nomeadamente os iPhones, não contam com essa tecnologia, o que significa que se um utilizador do iOS enviar um SMS a um utilizador o Android, ele chega ao telefone Android em forma de RCS, mas ao contrário isso não é possivel, já que o iOS recebe a mensagem como um SMS normalíssimo... que é significativamente menos seguro.

RCS

Em conversa com o pessoal do The Verge, Hiroshi Lockheimer, vice-presidente do Android, Chrome OS e Play Store diz o seguinte:

Daqui para frente, a experiência de mensagens padrão no Android será mais segura. A experiência de troca de mensagens na outra plataforma [iOS] não terá criptografia se ainda for SMS. Acho que é uma dinâmica muito interessante e espero que, como todos se concentram na segurança e privacidade, isso torna-se uma parte importante da discussão.

Google tenta convencer a Apple a adoptar o RCS

Tal como está, a única forma de os utilizadores do Android e do iOS se comunicarem de forma criptografada é através de uma aplicação de terceiros, como WhatsApp ou o Signal. Ter o RCS no iOS permitirá que os utilizadores tenham suporte nativo, e assim garantir uma conversa criptografada, seja com um contacto com um iPhone ou com um smartphone Android. Mas a Apple ainda não disse nada a esse respeito. O grupo prefere apostar no iMessage que existe apenas nos seus aparelhos.