Google explica porque o Pixel 6 está presente em poucos mercados

Google explica porque o Pixel 6 está presente em poucos mercados

21 Outubro, 2021 0 Por Joel Pinto

Está interessado no novo Google Pixel 6? Então já deverá saber que ele apenas estará presente em 9 mercados, e como deve imaginar Portugal não é um desses mercados. Isso significa que se quiser muito o equipamento, vai ter de o importar.

Mas porque é que a Google não segue a estratégia da Samsung, e da Apple, e vende os seus equipamentos em todo o mundo? Boa questão, mas que agora foi respondida pela própria Google:

Devido a vários factores, incluindo questões de fornecimento relacionadas à demanda global, não podemos disponibilizar os nossos produtos em todos os mercados. Continuamos comprometidos com os nossos telefones Pixel actuais e esperamos levar dispositivos Pixel futuros para mais países.

Pixel 6

Falta de componentes leva a Google a disponibilizar o Pixel 6 em apenas 9 mercados

Essa afirmação em relação à escassez de chips pode surpreender sabendo que todos são afectados por esse problema e isso não impede que outras fabricantes vendam em várias regiões. Talvez a Google não tenha a mesma força de ataque para negociar com subcontratados e, portanto, ser capaz de encomendar muitos chips.

O Pixel 6 não é o primeiro smartphone da Google a ser lançado em poucos países. Os modelos anteriores também viram a luz do dia em alguns países. E é pior com o Pixel 5a, que só está disponível nos Estados Unidos e Japão.