Google Drive: dados de quase um milhão de utilizadores revelados por engano

Google Drive: dados de quase um milhão de utilizadores revelados por engano

2 Janeiro, 2024 0 Por Joel Pinto

Ateam, uma empresa que cria jogos e conteúdo para smartphone, como War of Legions, Dark Summoner e Hatsune Miku Tap Wonder, anunciou no início deste mês que descobriu um problema de segurança com o serviço Google Drive, no passado dia 21 de novembro.

Falha no Google Drive expõe dados da Ateam

A empresa disse que havia definido acidentalmente uma instância do Google Drive como “Qualquer pessoa na internet com o link pode visualizar os ficheiros” desde março de 2017, o que significa que qualquer pessoa com o URL exato do serviço poderia aceder aos dados que estavam armazenados por lá.

O serviço Google Drive continha 1.369 ficheiros com informações pessoais de diversas pessoas que mantinham algum tipo de relacionamento com a Ateam, como clientes, parceiros de negócios, funcionários, estagiários e candidatos a vagas. Segundo a Ateam, 935.779 pessoas tiveram os seus dados expostos por esse erro, incluindo 98,9% dos clientes. Para a Ateam Entertainment, subsidiária da Ateam, 735.710 pessoas foram afetadas.

O tipo de dados expostos varia consoante o indivíduo, mas pode incluir nomes e apelidos, endereços de e-mail, números de telefone, números de gestão de clientes ou mesmo números de identificação dos dispositivos utilizados. A Ateam disse que não encontrou qualquer evidência de que atores mal-intencionados roubaram, ou utilizaram os dados expostos, mas aconselhou os utilizadores a terem cuidado com mensagens suspeitas, ou não solicitadas, que possam receber.

Este incidente é mais um lembrete da necessidade das empresas protegerem adequadamente os seus serviços na nuvem, uma vez que um simples erro de configuração pode levar à exposição de dados sensíveis.

Esta não é a primeira vez que a configuração incorreta de um serviço em nuvem leva à exposição de dados. Na verdade, este é um fenómeno muito comum, já que muitos hackers e pesquisadores vasculham a Internet em busca desses dados. Se os pesquisadores relatarem os dados expostos aos proprietários ou às autoridades, alguns hackers explorarão os dados para fins maliciosos, como extorsão, falsificação de identidade, fraude ou venda a outros hackers.

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook, no, Threads, do Instagram, do BlueSky e do X? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta seleccionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.

Joel Pinto

Fundador do Noticias e Tecnologia, e este foi o seu segundo projeto online, depois de vários anos ligado a um portal voltado para o sistema Android, onde também foi um dos seus fundadores.