Google acusa a Apple de usar o iMessage para intimidar utilizadores do Android

Google acusa a Apple de usar o iMessage para intimidar utilizadores do Android

10 Janeiro, 2022 0 Por Joel Pinto

O pessoal do Wall Street Journal publicou um artigo que dá conta do interesse do iMessage para os utilizadores. Segundo os resultados de uma pesquisa que foi realizada, esse serviço da Apple, e que é exclusivo para o iPhone, tornou-se num grande ponto de venda da empresa da Maça.

Actualmente, os donos de smartphones Android podem trocar SMS's com os utilizadores do iPhone, e esses SMSs são apresentados a verde (no iPhone) em vez de Azul. Isso acontece porque os telefones Android não podem tirar proveito dos recursos que tornam o iMessage mais próximo das mensagens instantâneas, como WhatsApp, Signal ou Telegram. Essa estratégia de diferenciação ajudou a construir o sucesso dos iPhones entre os adolescentes. E segundo o estudo de Piper Sandler, 87% dos adolescentes americanos possuem um iPhone e dizem que querem permanecer no ecossistema da Apple.

Hiroshi Lockheimer, vice-presidente de plataformas da Google, diz que a estratégia da Apple é vergonhosa. Numa mensagem publicada na sua conta da rede social Twitter, ele critica a abordagem das equipas de Tim Cook e incentiva a Apple a oferecer o iMessage nos smartphones Android.

iMessage

Google critica a exclusividade do iMessage

“O bloqueio do iMessage da Apple é uma estratégia documentada. Usar a pressão dos colegas e intimidação como meio de vender produtos é enganoso para uma empresa que coloca a humanidade e a justiça no centro de seu marketing. Os padrões existem hoje para remediar isso”, diz Hiroshi Lockheimer. A estrutura menciona notavelmente protocolos como RCS, uma versão melhorada do SMS tradicional, que é amplamente adoptada pelas fabricantes de telefones Android.

Por sua vez, é muito provável que a Apple continue a oferecer o iMessage exclusivamente para o iPhone, iPad e outros dispositivos do seu catálogo. Conforme mostrado por certos e-mails trocados entre executivos da Apple e revelados durante o processo judicial entre a empresa e a Epic Games, a Apple está ciente do poder de engajamento do seu protocolo de mensagens.

“Estou preocupado que o iMessage no Android possa simplesmente servir para remover uma barreira para famílias com iPhones que dão aos seus filhos telefones Android”, disse Craig Federighi, director de software da Apple. Num outro e-mail, Tim Cook resume as suas palavras: “O lançamento do iMessage no Android nos fará mais mal do que bem”.

FONTE

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta selecionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.