Glória: Anunciada a primeira série Portuguesa Original Netflix

Glória: Anunciada a primeira série Portuguesa Original Netflix

11 Setembro, 2020 0 Por Joel Pinto

A Netflix anunciou o início da série Glória, o seu novo projecto original, produzido pela produtora SPi do Grupo SP Televisão e coproduzida com a RTP.

Esta é uma série original de Pedro Lopes, dirigida por Tiago Guedes, e Glória vai ser rodada no Ribatejo, e em Lisboa. A série desenrola-se nos anos 60, em plena Guerra Fria, na pequena aldeia da Glória do Ribatejo, onde se situa a RARET, centro de radiodifusão norte-americano que difunde publicidade ocidental para o Bloco de Leste. João Vidal, engenheiro de famílias ligadas ao Estado Novo, mas recrutado pelo KGB, vai cumprir várias missões de espionagem de alto risco que podem mudar o rumo da história portuguesa, e mundial.

A série contará com diversos actores portugueses e internacionais, com destaque para Miguel Nunes, Carolina Amaral, Victoria Guerra, Afonso Pimentel, Adriano Luz, Joana Ribeiro, Marcelo Urgeghe, Sandra Faleiro, Carloto Cotta, Maria João Pinho, Inês Castel-Branco, Rafael Morais e Leonor Silveira.

José Amaral, director executivo da SPI diz:

“Esta é uma jornada e uma visão estratégica de expansão internacional que temos seguido. Enquanto produtores, este momento representa também o início de um novo ciclo para o mercado audiovisual português, pois coloca o nosso país no roteiro das grandes produções internacionais que a Netflix tem vindo a defender e com as quais temos o privilégio de poder contar. a participação da RTP, que tem sido um grande parceiro neste posicionamento internacional.”

José Fragoso, realizador da RTP1 e canais internacionais da RTP diz o seguinte:

“O início das filmagens da série 'Glória' representa a chegada da ficção televisiva portuguesa a um novo patamar de qualidade e procura. Com um indiscutível perfil internacional, desenvolvida por um experiente e rigoroso Equipa SP, a série que Tiago Guedes vai realizar será o primeiro projecto de ficção nacional a contar com a excepcional capacidade de produção e distribuição internacional da Netflix RTP, cujo investimento na produção de séries regulares é hoje um elemento decisivo no desenvolvimento deste sector, tem o orgulho de participar directamente desta coprodução, que é também um momento histórico para a produção audiovisual do nosso país, ao lado de SP e Netflix."

Nuno Artur Silva, Secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media:

“Saúdo a primeira co-produção de uma produtora portuguesa com a Netflix e espero que esta primeira produção, que conta com o apoio do Fundo de Turismo, Cinema e Audiovisual, seguir-se-á muitos outros projectos que darão visibilidade à criatividade dos argumentistas, realizadores e produtores portugueses, e darão ao cinema e ao audiovisual do país um novo dinamismo . ”

Sinopse da série Glória

Trata-se de um thriller de espionagem histórico centrado na RARET, a retransmissão da Rádio Europa Livre. Realizada em Portugal nos anos 60, a série mostra como Glória, uma pequena aldeia do Ribatejo, se tornou um improvável palco da Guerra Fria, onde as forças americanas e soviéticas lutaram através de perigosas manobras de sabotagem para obter o controle da Europa. No centro desta história está João Vidal, um jovem de família com ligações no Regime Fascista Português, que é recrutado pelo KGB depois de se politizar na Guerra Colonial. João vai se ver envolvido nas intrincadas teias do jogo da espionagem e, finalmente, entender que seja qual for o lado em que esteja, o mundo, particularmente o da espionagem, nunca é preto e branco.

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta selecionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.