Galaxy S22 FE: De cancelado a renascido das cinzas

Galaxy S22 FE: De cancelado a renascido das cinzas

26 Dezembro, 2022 0 Por Joel Pinto

Depois de muitos supostos adiamentos, o Galaxy S21 FE viu a luz do dia está a fazer um ano, no início de janeiro de 2022, e tem havido muita incerteza sobre o seu sucessor, com os rumores mais recentes a dar conta de que a Samsung não estaria a considerar lança-lo. No entanto, o Galaxy S22 FE pode não estar morto, e novas informações dão conta de que ele está a chegar.

Há algumas semanas, começaram a circular rumores de que o Galaxy S22 FE seria equipado com um chipset da MediaTek. Rumores posteriores diziam que o dispositivo havia sido cancelado e a falta de informações sugeria que a Samsung não estava a trabalhar no telefone.

Agora, um leakster conhecido, o @OreXda revelou que o Galaxy S22 FE e o Galaxy Buds 2 Live serão anunciados em breve, e outro leakster, o Dohyun Kim, veio a publico confirmar a situação.

A verdade é que há alguns dias revelei aqui que a Samsung pode cortar a série Galaxy A7x, e não lançar o Galaxy A74. Separadamente, houveram rumores de que, embora a Samsung estivesse a trabalhar no chipset Exynos 2300, ele não iria equipar os Galaxy S23. Todos esses rumores estão a começar a fazer sentido. @RGcloudS, utilizou a sua conta na rede social Twitter para revelar que o Galaxy S22 FE chegaria para substituir o Galaxy A74. Eles também disseram que o telefone seria alimentado pelo Exynos 2300 e teria um sensor de 108MP.

Galaxy S22 FE será o substituto do Galaxy A74?

A ser verdade, este seria um grande avanço em relação ao Galaxy S21 FE, que possui um sensor principal de 12MP e poderia ajudar o S22 FE a tornar-se um dos melhores telefones dessa faixa de preço de 2023.

RGcloudS também deu a entender que o Galaxy S22 FE custaria quase o mesmo que o A73, que só foi lançado em alguns países com um preço em torno dos $500. Para referência, o Galaxy S21 FE tinha um preço inicial de $700.

Joel Pinto
 | Website

Fundador do Noticias e Tecnologia, e este foi o seu segundo projeto online, depois de vários anos ligado a um portal voltado para o sistema Android, onde também foi um dos seus fundadores.