Facebook: Europa investiga a fuga de dados pessoais de 530 milhões de utilizadores

Facebook: Europa investiga a fuga de dados pessoais de 530 milhões de utilizadores

6 Abril, 2021 0 Por Joel Pinto

No fim de semana revelamos aqui que dados pessoais de mais de 530 milhões de utilizadores, incluindo mais de 2 milhões de dados dos Portugueses, da rede social Facebook foram disponibilizados na Web de forma totalmente gratuito. No entanto, o gigante das redes sociais veio a publico, numa tentativa de acalmar os utilizadores, revelar que essa situação foi referente a uma fuga que se passou em 2019.

No entanto, o regulador Europeu, Comissão de Proteção de Dados (DCP), desconfia que isso pode não ser totalmente verdade e abriu uma investigação sobre o caso.

“Após a cobertura da comunicação social neste fim de semana, estamos a examinar a questão para estabelecer se o conjunto de dados referido é de facto o mesmo que foi relatado em 2019”, disse Graham Doyle, Vice-Comissário da Comissão, ao BBC. Ele acrescenta que os dados parecem ter "fugido" antes de o GDPR ser implementado, o regulamento europeu que fornece um quadro para a protecção de dados na Internet, mas que precisam de ter a certeza que isso foi mesmo assim.

Facebook design plágio dados

Comissão de Proteção de Dados da União Europeia investiga se o Facebook violou o GDPR

Resta então aguardar pelo fim das investigações e verificar que esses dados foram retirados do Facebook antes da implementação do GDPR, caso contrário o Facebook sujeita-se a uma multa de muitos milhões de euros.

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta selecionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.