Facebook confunde negros com macacos e pede desculpas pelo sucedido

Facebook confunde negros com macacos e pede desculpas pelo sucedido

4 Setembro, 2021 Não Por Joel Pinto

Há sensivelmente um ano, o Daily Mail publicou um vídeo intitulado "Homem branco chama policias contra homens negros". E nesse vídeo podemos ver vários indivíduos de raça negra. No entanto, no Facebook a sequência parece ter sido mal interpretada pelo algoritmo de recomendação. A rede social questionou então os utilizadores que assistiram ao vídeo se queriam “ver mais vídeos sobre primatas?”. O Facebook ofereceu opções “ Sim / Rejeitar ” na interface de muitos utilizadores.

Esse erro do tamanho do mundo foi detectado por Darci Groves, ex-designer do Facebook, que relata a situação ao The New York Times. Indignada, ela pediu aos seus ex-colegas que resolvessem o problema. “E embora o vídeo tenha mais de um ano, um amigo recebeu esta recomendação ontem. Amigos do FB, por favor, falem, isto é um escândalo”, lamenta Darci Groves na rede social Twitter.

negros

Algoritmo do Facebook volta a cometer graves erros e confundo homens negros com macacos

A rede social foi rápida a reagir:

"Este é claramente um erro inaceitável. Pedimos desculpas a qualquer pessoa que tenha visto essas recomendações insultuosas. Assim que percebemos o que estava a acontecer, começamos a investigar as causas do problema para evitar que aconteça novamente”, assegurou um porta-voz.

Segundo o Facebook, o algoritmo de recomendação, que analisa automaticamente milhares de vídeos usando inteligência artificial, cometeu um erro (e que erro...).

“Como dissemos, mesmo que tenhamos melhorado os nossos sistemas de inteligência artificial, sabemos que eles não são perfeitos e que temos avanços a fazer”, defende a rede social.

Como o Facebook diz, a sua inteligência artificial está longe de ser perfeita. Por exemplo, o ano passado, o algoritmo do Facebook confundiu uma inocente cesta de cebolas com um par de seios.

FONTE