Facebook ciente que o Instagram é tóxico para a saúde mental

Facebook ciente que o Instagram é tóxico para a saúde mental

17 Setembro, 2021 0 Por Joel Pinto

As redes sociais deveriam ser espaços de laser, e acima de tudo bem estar, onde conhecidos (e desconhecidos) partilham as suas peripécias, novidades, e muito mais. Mas infelizmente todos sabemos que isso não é bem assim, e um artigo do Wall Street Journal mostra-nos o lado negro das redes sociais, mais propriamente do Instagram, que é de propriedade do Facebook.

O Wall Street Journal teve acesso aos resultados de uma investigação interna conduzida no Instagram. E, não surpreendentemente, eles pintam um quadro mais do que preocupante do impacto da rede sobre os seus utilizadores. E na linha de frente, encontramos as jovens adolescentes. Para algumas delas, a plataforma pode transformar-se num verdadeiro veneno psicológico. Um fenómeno resumido em preto no branco usando uma observação arrepiante; em documentos encontrados pelo WSJ. Assim, podemos ler que o Instagram “agrava os problemas relacionados ao corpo para um terço das raparigas”.

E não é preciso ser um grande entendido, ou um grande sociólogo, para perceber os motivos desse mal-estar. O Instagram é, por definição, o templo da imagem. É a plataforma preferida das celebridades e outros influenciadores que desejam publicar as suas imagens mais lisonjeiras. E por estarem constantemente expostos a essas modelos de ponta com forma corporal perfeita, milhões de jovens podem desenvolver complexos terríveis. Se movimentos “positivos para o corpo” (que visam destacar a diversidade dos corpos) estão a surgir em toda a plataforma, temos que admitir que essas iniciativas não são suficientes.

Instagram não é bom para a saúde mental

Uma situação do qual o Facebook está totalmente ciente. O documento conclui explicitamente que a plataforma é construída sobre a noção de “comparação social” . Uma proporção impressionante de jovens pesquisados ​​explica, por exemplo, que muitos sentimentos negativos instalaram-se desde o seu registo na plataforma. 30 a 51% explicam, por exemplo, que o Instagram lhes dá a impressão de ter que criar uma imagem perfeita de si mesmos. Algumas pessoas também explicam que o Instagram lhes dá a impressão de não ter dinheiro suficiente (42%) ou poucos amigos (33%) … ou até mesmo de simplesmente ser “não bom o suficiente” (24-29%).

E a preocupação é que as consequências vão muito além do simples desconforto. “Os jovens acusam o Instagram de promover depressão e ansiedade”, diz o mesmo documento. Resultado: “mais de 40%” dos jovens internautas que se dizem “feios” explicam que esses complexos começaram desde o início na plataforma. É ainda mais preocupante no caso de pessoas que já se sentem mal consigo mesmas. De facto, entre aqueles que dizem ter pensamentos sombrios, 6 a 13% acreditam que o Instagram tem muito a ver com isso.

Instagram direitos verificação Lite

Ao ler o artigo, é difícil dizer o que é mais revoltante; o fenómeno em si, ou o facto de que o Facebook está totalmente ciente disso. e muitos desses documentos datam de 2019 . A rede social, portanto, teve muito tempo para agir, ou pelo menos para ser transparente sobre essas conclusões. Porém, não é por falta de solicitação. O Facebook e o Instagram já foram alvo de várias audiências judiciais para esclarecer esses pontos… mas sempre sem sucesso.

Sem tentar ser o advogado de defesa do Instagram, temos que admitir que parece difícil conter esse fenómeno. Na verdade, está ligado à própria natureza da rede, à própria natureza que a tornou bem-sucedida e muito lucrativa, portanto, é improvável que o Facebook comece do zero com base nessas informações.

O que lhe parece? Preocupante ou nem por isso? Deixe-nos saber a sua opinião, deixando o seu comentário abaixo.