Facebook considera cebolas demasiado Sexy para aparecerem na rede social

Facebook considera cebolas demasiado Sexy para aparecerem na rede social

11 Outubro, 2020 0 Por Joel Pinto

Todos sabemos que a moderação é um elemento chave nas redes sociais, e a sua ausência poderia custar muito caro. Os utilizadores devem ter permissão para postar o que quiserem, mas a fim de limitar as noticias falsas, ou algo que possa ferir susceptibilidade, a moderação tem de estar presente, para que as mesmas redes sociais sejam um local agradável para todos. E é nesse sentido que os algoritmos trabalham.

Um dos grandes benefícios da automação é que ela economiza tempo e recursos humanos. Mas infelizmente, às vezes essa automação pode correr mal. Na verdade, a menos que tenha projectado um sistema perfeito (que nunca acontece já que a perfeição não existe) vai ter sempre erros e falhas. E foi precisamente isso que as equipas da The Seed Company, em St John's, Newfoundland, recentemente experimentaram... de cebolas demasiado Sexy no Facebook.

Pessoalmente, gosto de cebola: Caramelizada, frita, crua, em molho, na salada, nos refogados, etc, elas dão um toque especial a um prato. Mas longe de mim pensar que as cebolas alguma vez pudessem ser consideradas Sexy. No entanto, é isso que os algoritmos de moderação do Facebook decidiram. A rede social recusou um anúncio dessas cebolas, com o argumento que a imagem do anuncio era “sexualmente sugestivo”. Como é óbvio, isso foi um erro. Um erro flagrante dos algoritmos automáticos em vigor na plataforma da rede social. Segundo o gerente da loja, Jackson McLean, isso poderia ter uma ligação com o formato arredondado, a suavidade das feições, e talvez até pela cor das cebolas, parâmetros que teriam levado os filtros do Facebook a ver ali um seio, ou nádegas.

cebolas Facebook

Facebook reprova anuncio por este conter Cebolas Sexy

Numa declaração à BBC, a directora de comunicações do Facebook Canadá, Meg Sinclair, disse:

“Usamos tecnologia automatizada para manter a nudez longe das nossas aplicações, mas às vezes eles não conseguem diferenciar uma cebola de um ... você sabe o quê. Restauramos o anúncio em questão e pedimos sinceras desculpas por qualquer inconveniente causado à loja.”

Na verdade, esta não é a primeira vez que o Facebook identifica incorrectamente o conteúdo de uma publicação, anúncio ou grupo. Isso apenas mostra que ainda há muito trabalho a fazer para melhorar esses filtros, e torná-los cada vez mais precisos.

VIA

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta selecionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.