Estudo Revela Importância do Open Source na Transformação Digital das Organizações

Estudo Revela Importância do Open Source na Transformação Digital das Organizações

18 Setembro, 2019 0 Por Joel Pinto

A Red Hat, empresa líder mundial de soluções open source empresariais, promoveu um estudo junto de 950 líderes tecnológicos de multinacionais para avaliar o estado atual do open source num mundo empresarial.

Este estudo demonstra que hoje em dia, a questão não é se o software open source é importante para as empresas, sobretudo em funções de infra-estrutura. Tal já é um dado adquirido. Só uns negligenciáveis 1% não dão qualquer importância ao software open source. 69% afirmam que ele é, no mínimo, muito importante – uma fasquia elevada. O facto de estes números não surpreenderem é mais um indicador do papel fulcral que o software open source passou a desempenhar no mundo empresarial.

Sem dúvida, as mais entusiasmantes inovações tecnológicas que ocorrem actualmente estão a tomar forma nas comunidades open source. Grandes desenvolvimentos em big data, automação, machine learning e inteligência artificial são resultado de equipas inteligentes e distribuídas globalmente que partilham recursos, estabelecem ligações pouco convencionais e se desafiam a fazer avançar o estado da arte.

Fruto disso, estas inovações avançam a um ritmo verdadeiramente incrível. As empresas que querem integrá-las no seu negócio, explorar as suas possibilidades e usá-las para criar novo valor para os clientes podem sentir-se assoberbadas – sobretudo quando precisam de equilibrar o seu desejo de inovação com a sua necessidade de estabilidade e consistência.

Este relatório detalha como e porquê as soluções open source estão a abrir caminho junto das empresas com uma dinâmica notável. E explica algumas das estratégias que os clientes estão a seguir para usar as ferramentas open source e modernizar as suas abordagens às TI.

Open Source

A pergunta já não é se a sua empresa deveria adoptar tecnologias open source. A pergunta é quando – e também como. Esperamos que este relatório seja um catalisador de conversas futuras acerca das razões pelas quais organizações de todos os sectores estão a optar por inovar à moda do open source.

Open Source na transformação digitral e modernização da infra-estrutura TI

Uma das questões colocada aos 950 líderes tecnológicos prendia-se com a utilização dada ao open software, tendo 53% dos inquiridos respondido que o open software era vital na modernização da infra-estrutura TI, seguindo-se 43% para o desenvolvimento e integração aplicacional, e 42% para a tranformação digital.

A poupança económica continua a ser um dos principais trunfos do software open source e neste estudo foi mesmo o principal benefício identificado por 33% dos inquiridos, destacando-se ainda os 29% de relevância dada à questão da melhor segurança proporcionada.

Entre as eventuais barreiras a uma maior adoção do Open Source, este estudo identificou as questões da segurança do código (38%), nível de suporte (35%) e compatibilidade (35%) como os maiores desafios que terão de ser ultrapassados num futuro próximo.

Sobre o estudo Open Source

No total foram realizadas 950 entrevistas a lideres tecnológicos mundais, com 400 inquéritos realizados o EUA, 150 no Reino Unido, 250 na América Latina e 150 na Ásia. Os entrevistados não sabiam que a Red Hat era o patrocinador desta pesquisa. Os entrevistados contribuiram para as decisões de compra para uma das seguintes áreas dentro da organização: desenvolvimento de aplicações, infraestrutura de aplicativos, cloud, armazenamento, middleware, SO de servidor ou virtualização. Os entrevistados tinham que estar familiarizados com código-fonte aberto corporativo e tinham pelo menos 1% de Linux instalado em sua organização.

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook, no, Threads, do Instagram, do BlueSky e do X? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta seleccionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.

Joel Pinto

Fundador do Noticias e Tecnologia, e este é o seu segundo projeto online, depois de vários anos ligado a um portal voltado para o sistema Android, onde também foi um dos seus fundadores.

Informático de profissão, e apaixonado por novas tecnologias, desportos motorizados e BTT.