Elon Musk afirma que redes sociais vão entrar em colapso sem certificação paga

Elon Musk afirma que redes sociais vão entrar em colapso sem certificação paga

3 Abril, 2023 0 Por Joel Pinto

Elon Musk voltou a defender a sua decisão de cobrar aos utilizadores que querem/precisam de ter uma conta certificada na rede social Twitter, acreditando que as redes sociais que não seguirem o seu exemplo acabarão por entrar em colapso, sobrecarregadas de contas falsas.

“O maior desafio aqui é que é muito simples criar 10.000 ou 100.000 contas falsas no Twitter com um único computador e IA moderna”, explicou Elon Musk durante uma sessão de perguntas e respostas no Twitter. “É por esta razão que a verificação só pode ser feita com um número de telefone e cartão de crédito”, acrescentou. “A minha previsão é que as chamadas redes sociais que não o fizerem vão pelo ralo.”

O homem mais rico do mundo também está desesperado para encontrar uma forma de gerar receita para uma empresa que perdeu, segundo ele, mais da metade do seu valor desde a sua redenção, por mais de 40 biliões de dólares.

Essa evolução do sistema, no entanto, levanta muitas dúvidas entre empresas, celebridades, políticos e jornalistas que usam o Twitter como um dos seus principais meios de comunicação e poderiam contar com essa certificação como prova da sua credibilidade. Também levanta a questão dos impostores que pagarão por uma certificação, mesmo se tratando de uma conta falsa.

Elon Musk acredita que todas as redes sociais vão ter uma certificação paga

A assinatura do Twitter Blue, que permite nomeadamente a certificação com o distintivo azul, custa 9,60€ por mês ou 100,80€ por ano (os preços apresentados no site não incluem impostos). Os preços são mais elevados na sua aplicação: 11€ por mês e 114,99€ por ano. Isso é explicado por uma comissão de 30% tomada pela Apple (iOS) e pelo Google (Android), e por esse motivo o Twitter decidiu repassar essa taxa para os utilizadores. O truque passa por pagar a assinatura no site e depois utilizar a aplicação.

Resumindo, para Elon Musk em breve deixará de existir redes sociais gratuitas, e todas contarão com uma certificação paga.

Joel Pinto
 | Website

Fundador do Noticias e Tecnologia, e este foi o seu segundo projeto online, depois de vários anos ligado a um portal voltado para o sistema Android, onde também foi um dos seus fundadores.