Elon Musk ameaça cancelar o processo de aquisição do Twitter

Elon Musk ameaça cancelar o processo de aquisição do Twitter

6 Junho, 2022 0 Por Joel Pinto

Elon Musk avisou que ainda pode cancelar a sua oferta de aquisição da rede social Twitter, num negócio que pode envolver 44 biliões de dólares, se a rede social não lhe fornecer todos os dados que ele reivindica, sobre as falsas contas de utilizador.

Numa carta que foi tornada pública, segundo os regulamentos do mercado de acções, Elon Musk acusa o Twitter de uma “violação significativa e manifesta” das suas obrigações e diz que se reserva no direito de rescindir o contrato de aquisição.

Esta é a primeira vez que o patrão da Tesla ameaça directamente o Twitter, por correio, de abandonar o seu plano de aquisição, possibilidade que no entanto já tinha referido em mensagens publicadas na própria rede social. O Twitter entretanto minimizou esse risco afirmando que o aviso não tinha qualquer valor legal.

“Musk acredita que o Twitter está claramente a recusar-se a honrar as suas obrigações sob o acordo de fusão, levantando as novas suspeitas de que a empresa pode estar a tentar reter os dados solicitados devido a preocupações de que os dados de análise de Musk serão descobertos”, afirma a carta.

Elon Musk, que se apresenta como um franco defensor da liberdade de expressão, questionou a sinceridade dos dados publicados pelo Twitter segundo os quais as contas falsas representam menos de 5% da sua base de utilizadores, dizendo que a proporção real pode ultrapassar os 20%. Ele, portanto, pede à rede social dados que deveriam permitir que ele faça a sua própria análise da base de utilizadores e afirma não confiar na “metodologia de teste negligente” do seu alvo.

Elon Musk

Elon Musk não está confortável com as informações do Twitter

“Está claro que Musk tem direito a ter acesso aos dados solicitados para que possa preparar a transferência das actividades do Twitter sob o seu controlo, e facilitar o financiamento dessa transição”, afirmam os seus advogados na carta.

Algo me leva a acreditar que Musk poderá anunciar em breve a desistência da aquisição da rede social, já que mais uma vez ele utilizou a sua capacidade especulativa para fazer abanar o mercado de acções. Mas esta é apenas uma opinião pessoal, e vamos ter de esperar por mais cenas deste episódio.

FONTE

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta selecionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.