E se um músico pudesse enviar uma faixa inéditas para editores de listas de reprodução do Spotify?

E se um músico pudesse enviar uma faixa inéditas para editores de listas de reprodução do Spotify?

20 Julho, 2018 0 Por Joel Pinto

O Spotify anunciou que está a facilitar a vida aos artistas e às produtores, permitindo que elas enviem novas músicas para os seus editores de listas de reprodução. A empresa lançou um novo recurso, que ainda só está na versão beta, que permitirá que artistas e gestores com uma conta do Spotify for Artists, enviem uma música não lançada para que o editor decida se quer ou não adicionar à sua lista de reprodução. Essa faixa estará disponível para os mais de 100 editores que o Spotify tem em todo o mundo, que podem pesquisar por envios de adições apropriadas para as listas de reprodução criadas por eles.

Spotify com nova funcionalidade

O Spotify diz que é importante para quem envia faixas, fornecer o máximo de informações possíveis sobre a mesma. Isso inclui género, humor, capa, as culturas que o artista ou a música representam e outros dados que ajudarão os editores a encontrar a música e garantir que ela seja incluída nas listas de reprodução corretas. A empresa também disse que, enquanto os artistas e as produtoras marcarem e enviarem uma música com sete dias de antecedência, ela será automaticamente adicionada às listas de reprodução dos seguidores do artista.

Recentemente, o gigante do streaming de música, começou a disponibilizar taxas antecipadas para artistas e gestores independentes que licenciam as suas músicas diretamente na sua plataforma, e começou a mostrar os créditos de compositor e produtor de uma faixa no início deste ano. A empresa disse que possui mais de 75.000 artistas nas suas listas de reprodução editoriais por semana, e outras 150.000 na sua playlist Discover Weekly.

Como o recurso de envio ainda está em versão beta, está sujeito a alterações.

"Continuaremos a evoluir esse recurso com base em seus comentários, para que artistas, gravadoras, gerentes e parceiros possam nos ajudar a criar listas de reprodução melhores para os ouvintes do Spotify", disse o Spotify.

 

FONTE