Dota 2: Problemas no servidor levam Valve a estender o Battle Pass

Dota 2: Problemas no servidor levam Valve a estender o Battle Pass

21 Junho, 2020 0 Por Joel Pinto

Enquanto a Valve continua ocupada a trabalhar na estabilização do Game Coordinator do Dota 2, os programadores decidiram estender o Battle Pass durante mais uma semana, devido a todos os problemas que estão a afectar o jogo.

O Game Coordinator causou um grande aumento nas desconexões, nos longos tempos de carregamento e nos erros de ligação, o que significa que muitos jogadores não conseguiram sequer jogar um jogo de Dota durante quatro dias. E por causa dessa incapacidade de jogar ao jogo, os jogadores não tiveram a capacidade de aumentar o seu Passe de Batalha.

Servidores do Dota 2 com problemas

Para combater essa situação, estender o Battle Pass por uma semana extra permitirá que os jogadores recuperem o tempo perdido e potencialmente recebam algumas recompensas extras antes que tudo termine. Muitos jogadores estavam a questionar-se se a Valve simplesmente daria alguns níveis gratuitos como compensação, mas o tempo extra do Passe de Batalha é algo semelhante.

Originalmente, o Passe de Batalha estava programado para terminar a 12 de Setembro, e com a recente alteração, só terminará a 19 de Setembro. Isso também deve atrasar o período de carência para jogadores que desejam comprar níveis e desbloquear mais itens até o final de Setembro, mas a confirmação ainda não foi dada.

Essa alteração faz parte de uma actualização que a Valve está a fazer, que está a fazer algumas melhorias no Game Coordinator.

Se ainda estiver com problemas de ligação, verifique se o verdadeiro problema não está na sua ligação à Internet. Se já viu que o problema está do lado do jogo, então resta esperar que a Valve resolva o problema principal, antes de conseguir voltar a jogar.

Ajude-nos a crescer, visite a nossa página do Facebook e deixe o seu gosto, para ter acesso a toda a informação em primeira mão. E se gostou do artigo não se esqueça de partilhar o mesmo com os seus amigos. Siga-nos também no Google Notícias, selecione-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.