Disney+ lança oficialmente a sua assinatura com anúncios

Disney+ lança oficialmente a sua assinatura com anúncios

9 Dezembro, 2022 0 Por Joel Pinto

Depois da Netflix, chegou a vez do Disney+ oferecer aquela que é a sua própria assinatura com publicidade. Esta assinatura fez ontem a sua estreia nos Estados Unidos, outros países como Portugal terão de esperar pelo mesmo, já que só chegará em 2023.

Em detalhes, Disney + Basic (esse é o nome da assinatura) transmite quatro minutos de anúncios por hora. Há spots de 15 a 30 segundos. Observe que o conteúdo voltado para crianças não possui anúncios. Os perfis destinados a crianças também não têm anúncios com este plano. A plataforma de streaming irá mostrar “uma gama completa de produtos publicitários”, mas não há detalhes sobre isso de momento.

Em termos de oferta, o Disney+ é mais generoso que a Netflix. De fato, o conteúdo está disponível em 4K HDR / Dolby Vision, onde é limitado a 1080p na Netflix. Além disso, é possível utilizar a conta em quatro aparelhos simultaneamente, contra apenas um na Netflix.

Quanto aos perfis, é possível criar sete distintos. Finalmente, o catálogo parece idêntico entre a assinatura padrão e daquela que é suportada por anúncios. Na Netflix, parte do catálogo não está disponível com a oferta mais barata.

Disney+ já tem uma assinatura suportada por anúncios

Disney

A assinatura Disney+ Basic com anúncios custa US$ 7,99/mês, e também é possível fazer um pacote com Hulu por $9,99/mês. E adicionando ESPN+, o preço sobe para os $12,99/mês. Relativamente à oferta sem publicidade, o preço atualmente é de $10,99/mês.

Em Portugal, o Disney+ custa atualmente 8,99€/mês, e podemos imaginar que a oferta com publicidade custará o mesmo e que sem publicidade passará a custar 10,99€/mês.

Se ainda não é assinante desta plataforma de streaming e quer conhecer as condições, promoções e muito mais, só precisa de aceder aqui.

FONTE

Joel Pinto
 | Website

Fundador do Noticias e Tecnologia, e este foi o seu segundo projeto online, depois de vários anos ligado a um portal voltado para o sistema Android, onde também foi um dos seus fundadores.