Core i9-9900KS é mais potente mas Intel "corta" na garantia

Core i9-9900KS é mais potente mas Intel "corta" na garantia

30 Outubro, 2019 0 Por Joel Pinto

A Intel anunciou recentemente o novo i9-9900KS, um processador que ultrapassou a barreira dos 5 gigahertz. Trata-se de um processador idêntico ao Core i9-9900K, excepto que ele conta com overclock de fábrica, que o faz atingir a frequência de 5 GHz nos 8 núcleos físicos.

Core i9-9900KS: Mais veloz mas com menos garantia

Esse aumento de desempenho, foi o suficiente para literalmente "explodir" todos os resultados de benchmark, e o apetite dos entusiastas. A priori, o fabrico deste chip (em 14 nm) deve levar em consideração as restrições de "aquecimento" inerentes a essa frequência de operação, e o cliente final não se deve preocupar muito com essa situação. Excepto que aqui, a Intel oferece uma garantia de apenas um ano para seu novo processador, contra os três anos de garantia para o Core i9-9900K.

Core i9-9900KS garantia

Pelo preço de custo deste novo processador (quase 700 euros) e dadas as fortes restrições físicas que o pesam, uma garantia de um ano, parece ser um presente envenenado. Só por si, chegar com overclock de fábrica, não é motivo de preocupação. Mas fica a questão: se a Intel tem tanta confiança naquilo que produz, porque só fornece 1/3 da garantia para o mesmo?

Obviamente, caberá ao consumidor decidir se quer correr esse risco. Lembre-se, no entanto, de que o "simples" Core i9-9900K, custará algo em torno dos 599 euros, com o bónus de garantia de três anos. A diferença de desempenho do novo Core i9-9900KS justifica os quase 100 euros de diferença e a perda de 2 anos de garantia?

Uma vez que a legislação em Portugal obriga as empresas a fornecer pelo menos 2 anos de garantia para tudo o que vendam, não sei até que pontos elas estarão interessadas a assumir esse "prejuízo". Teremos de esperar para ver, se realmente o processador será disponibilizado em território nacional, e com os 2 anos de garantia.

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta selecionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.