Check Point Reforça a sua Liderança de Segurança na Cloud

Check Point Reforça a sua Liderança de Segurança na Cloud

3 Dezembro, 2019 0 Por Joel Pinto

A Check Point anunciou ontem a aquisição da Protego, uma nova empresa tecnológica de segurança serveless. Com esta aquisição, a Check Point torna-se no primeiro fabricante de segurança no mercado a ter uma solução de segurança consolidada para protecção de cargas de trabalho na cloud (CWPP) e gestão de postura de segurança (CSPM), assegurando uma segurança contínua para ambiente serveless com uma incomparável protecção em tempo real e de mitigação aplicacional.

Check Point anuncia a aquisição da Protego

A Protego fornece tecnologia de segurança para ambientes serveless que previne ataques maliciosos em funções sem servidor em tempo real, e previne código vulnerável de ser implementado em ambiente de produção.

A rápida adopção de tecnologia computacional serveless como o AWS Lambda está a desafiar os actuais paradigmas da cloud e da segurança computacional. A passagem para aplicações nativas na cloud traz inúmeras vulnerabilidades e potenciais más configurações que requerem uma solução de segurança extensa para proteger funcionalidades e código.

A Check Point irá integrar esta tecnologia de segurança serveless inovadora na sua arquitectura Infinity, a solução de segurança consolidade líder de mercado que suporta redes, Mobile, endpoints, IoT e ambientes Cloud.

Check Point - Check Point Reforça a sua Liderança de Segurança na Cloud

A plataforma Check Point CloudGuard disponibiliza um segurança simples consistente para ambientes cloud e todos os seus ativos em ambientes públicos, privados, híbridos ou multi-cloud. A solução recebe agora mais a segurança serveless, fornecendo aos CISO uma visibilidade total, controlo e cobertura completa de segurança de todos os pontos serveless à distância de um clique. A tecnologia Protego integra de forma out-of-the-box com uma larga gama de CI/CD frameworks de modo a que as equipas de DevOps assegurem que somente funções que se encontrem em conformidade para ambiente de produção. Em conjunto os clientes procuram este tipo de novas tecnologias inovadoras para mitigar capacidades de IAM e minimizar o impacto na sua performance ao proteger os seus ambientes em produção serveless.

Estima-se que esta aquisição fique concluída no 4º trimestre de 2019 e a tecnologia seja integrada na arquitectura Infinity durante o primeiro trimestre de 2020.

Ajude-nos a crescer, visite a nossa página do Facebook e deixe o seu gosto, para ter acesso a toda a informação em primeira mão. E se gostou do artigo não se esqueça de partilhar o mesmo com os seus amigos.