Canal Hollywood dedica fins de semana a Johnny Depp

Canal Hollywood dedica fins de semana a Johnny Depp

18 Setembro, 2020 0 Por Joel Pinto

O Canal Hollywood decidiu prestar homenagem a Johnny Depp, um dos maiores actores da actualidade, durante o especial “Fim de Semana Johnny Depp” composto por quatro filmes imperdíveis, para ver nas noites de 19, 20, 26 e 27 de Setembro.

O especial arranca amanha, dia 19 de Setembro, pelas 22h25, com “Inimigos Públicos”, um filme realizado por Michael Mann ("Heat - Cidade Sob Pressão", "Miami Vice", "Colateral") inspirado no livro do historiador e jornalista Bryan Burrough: "America's Greatest Crime Wave and the Birth of the FBI".

Durante a Grande Depressão, existia na população americana, uma revolta contra os bancos por serem a causa da crise resultante da quebra da Bolsa de Nova Iorque. Apareceu então um grupo de gangsters, liderado por John Dillinger (Johnny Depp) que rapidamente conquistou o público, tanto pelos seus assaltos como pelas épicas evasões da prisão, sendo considerado uma espécie de Robin dos Bosques da era moderna.

Depois de várias tentativas do Governo para o deter, J. Edgar Hoover (Billy Crudup), chefe do departamento do FBI, considera Dillinger o Inimigo Público Número Um, atribuindo a Melvin Purvis (Christian Bale) a árdua tarefa de o deter. Este filme, tem como curiosidade o facto de Johnny Depp e o restante elenco usarem chapéus feitos com feltro da fábrica Fepsa, de São João da Madeira.

Domingo, dia 20 de Setembro, pelas 22h00, o Canal Hollywood exibe “Sombras da Escuridão”, um filme realizado por Tim Burton e abrilhantado por Johnny Depp, Helena Bonham Carter, Michelle Pfeiffer, Eva Green, Christopher Lee e Chloë Grace Moretz.

Fim de Semana Johnny Depp

Sombras da Escuridão

Fim de Semana Johnny Depp só no Canal Hollywood

Nos finais do séc. XVIII, Barnabas Collings era um jovem aristocrata rico e atraente que julgava ter o mundo aos seus pés, até conhecer Angelique e desprezar o seu amor. É então que os poderes ocultos da rapariga se revelam fatais, transformando-o num vampiro e enterrando-o vivo. Duzentos anos volvidos, ele é libertado do seu túmulo, acordando no séc. XX. Agora, vai conhecer a sua linhagem e reaprender a lidar com Angelique que, ao regressar com ele, fez ressuscitar o seu amor obsessivo.

“Sweeney Todd: O Terrível Barbeiro de Fleet Street” chega ao canal a 26 de Setembro, pelas 22h25, um musical realizado por Tim Burton em que Depp é Sweeney Todd, um sanguinário e apaixonado barbeiro, injustamente condenado à prisão, por força de um juiz que lhe cobiça a sua bela mulher.

Quando regressa a Londres para tentar reencontrar a mulher e a filha, descobre o trágico destino que tiveram após a sua prisão. Sweeney começa então a preparar a sua vingança, treinando as suas mãos e fazendo a barba a cavalheiros de que nunca mais se ouve falar... Tudo para vingar a mulher e recuperar a filha das mãos do pérfido juiz Turpin, que agora se quer casar com ela. Ao seu lado, a cúmplice Lovett, que aproveita para rentabilizar o negócio de forma diabólica com os crimes de Sweeney que ficará na memória de todos como o Terrível Barbeiro de Fleet Street.

O especial Fim de Semana Johnny Depp encerra a 27 de Setembro, às 22h00, com a exibição de “Black Mass – Jogo Sujo”, filme onde Johnny Depp se reiventa para interpretar o gangster irlandês Jimmy ´Whitey´ Bulger, naquele que foi considerado um dos seus melhores papéis de sempre.

Com realização de Scott Cooper e argumento de Mark Mallouk e Jez Butterworth, este é um filme de "gangsters" inspirado na verdadeira história de James Joseph "Whitey" Bulger, um dos mais perigosos e implacáveis criminosos a actuar nos EUA durante as décadas de 1970/80.

Whitey Bulger (Johnny Depp), irmão de um senador norte-americano, ficou na história de Boston (EUA) como um dos criminosos mais famosos da cidade. Com ligações ao IRA e à perigosa máfia irlandesa, o seu grupo, de nome Winter Hill Gang, tornou-se exímio no tráfico de droga, extorsão, chantagem e intimidações de todo o género. Bulger ficou também conhecido quando se tornou informador do FBI para impedir que a máfia italiana invadisse o seu território. Em troca desses dados, os agentes ignoraram, durante anos, as suas ligações à criminalidade. A sua queda aconteceu quando, sem que o esperasse, se viu traído pela agência, tornando-se um dos homens mais procurados pela mesma.

Ajude-nos a crescer, visite a nossa página do Facebook e deixe o seu gosto, para ter acesso a toda a informação em primeira mão. E se gostou do artigo não se esqueça de partilhar o mesmo com os seus amigos. Siga-nos também no Google Notícias, selecione-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.