Bug no Windows 11 cria centenas de pastas vazias

Bug no Windows 11 cria centenas de pastas vazias

2 Novembro, 2021 1 Por Joel Pinto

Um "novo" bug no Windows 11 está a afectar milhares de utilizadores, que faz com que centenas de pastas vazias sejam criadas, sem qualquer motivo. Trata-se de um bug que já esteve presente no Windows 10, e apesar de não ter consequências graves para o seu dispositivo, é um bug que conseguiu "migrar" de sistema operativo.

Vários utilizadores repararam recentemente que existem muitas pastas vazias no Explorer. E por muitos queremos dizer dezenas, senão centenas, de caminhos que não levam a lugar algum. Para verificar se está a ser afectado por esse bug, basta para para C: > Windows > System32 > config > systemprofile > AppData > Local . Se encontrar aí várias pastas em que o seu nome começa por"tw" e que conta com a extensão .tmp, é porque é um dos afectados por esse problema.

Este bug que também existe no Windows 10, foi avistado pela primeira vez em 2019, e várias teorias culpam a ferramenta Provisioning Package Runtime Processing, ou ProvTool.exe, que estaria na origem dessas pastas. Portanto, este problema é mais uma prova de que o Windows 10, e o Windows 11, são muito semelhantes. Por outras palavras, as preocupações de um também podem ser encontradas no outro.

 bug no Windows 11

Bug no Windows 11 já estava presente no Windows 10

Este bug não é crítico. Pode simplesmente excluir essas pastas a qualquer momento sem se preocupar em comprometer a estabilidade do sistema. Também pode deixá-las onde estão, pois ocupam muito pouco espaço de armazenamento. Além disso, se o Windows lhe enviar um alerta quando tentar aceder a essa pasta especificada, pode simplesmente clicar em Continuar para avançar.

Finalmente, pode ser necessário mostrar as pastas ocultas. Para isso, abra o Explorador de Ficheiros, clique em Visualizar e marque a opção "Mostrar pastas, unidades e ficheiros ocultos".

Tem este bug no Windows 11? E no Windows 10? Deixe-nos saber deixando o seu comentário abaixo.

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta selecionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.