O botnet mais perigosos do mundo mandado abaixo pela Microsoft

O botnet mais perigosos do mundo mandado abaixo pela Microsoft

12 Março, 2020 0 Por Joel Pinto

A Microsoft parece que se está a querer tornar num dos maiores defensores do mundo contra hackers? Durante vários anos, a Microsoft de facto multiplicou as suas acções em segurança cibernética e conseguiu destacar-se na luta contra Necurs, aquele que é provavelmente o botnet mais virulento do mundo.

Necurs o mais recente botnet a ser derrubado pela Microsoft

No total, a botnet contava com quase nove milhões de máquinas "zombies" espalhadas pelo mundo. Apenas uma dessas máquinas é capaz de enviar cerca de 3,8 milhões de spam, e outros malwares, para quase 40,6 milhões de pessoas em todo o mundo, afirma a própria Microsoft. O pior, é que Necurs foi em particular um dos botnets por trás da disseminação do Trojan GameOver Zeus, um malware Russo que poderia fazer desvios na sua conta bancária em caso de infecção.

Após "oito anos de monitorização e planeamento" , a Microsoft e os seus parceiros conseguiram, em parte, superar o Necurs, ou pelo menos a sua infraestrutura. A empresa de Redmond anunciou que foi autorizada pelo Tribunal Federal dos Estados Unidos a assumir o controlo da infraestrutura de botnets na terra do tio Sam.

Como resultado, grande parte dos computadores infectados agora não funcionam para o Necurs, reduzindo drasticamente o número de ataques possíveis. Acima de tudo, a Microsoft conseguiu "prever com precisão mais de seis milhões de domínios únicos que seriam criados nos próximos 25 meses", a fim de impedir que hackers na cabeça da botnet registem novos nomes de domínio, e perpetuem os seus delitos em todo o mundo.

FONTE

Ajude-nos a crescer, visite a nossa página do Facebook e deixe o seu gosto, para ter acesso a toda a informação em primeira mão. E se gostou do artigo não se esqueça de partilhar o mesmo com os seus amigos. Siga-nos também no Google Notícias, selecione-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.