Battlefield 2042 poderá tornar-se um jogo free-to-play

Battlefield 2042 poderá tornar-se um jogo free-to-play

21 Janeiro, 2022 0 Por Joel Pinto

A franquia Battlefield durante muito tempo foi considerada uma das maiores concorrentes do Call of Duty, que ocupa o primeiro lugar nas vendas de jogos quase todos os anos. No entanto, o Battlefield 2042 não foi muito bem recebido pelos jogadores, principalmente devido à falta de alguns recursos importantes, mas acima de tudo devido a inúmeros bugs e ao seu baixo desempenho.

No Twitter, o famoso leakster do Battlefield, Tom Henderson, disse que o seu estúdio está "muito decepcionado com o desempenho de Battlefield 2042". De facto, vimos que o número de jogadores está a cair abruptamente e que o título é hoje menos popular do que os jogos anteriores. Pior ainda, o Steam até concorda em reembolsar os jogadores insatisfeitos com o mesmo.

Agora, e segundo as palavras de Tom Henderson, a EA está actualmente a considerar tornar o jogo free-to-play. De facto, Henderson revelou num tweet que os funcionários da EA estão a considerar "todas as opções" em relação ao futuro do jogo, uma dessas opções é fazer do Battlefield 2042 um jogo gratuito para jogar.

Battlefield 2042

Battlefield 2042 poderá tornar-se gratuito para jogar

Adoptar um modelo F2P para o Battlefield 2042 pode ajudar a atrair novos jogadores, e a trazer de volta jogadores que solicitaram reembolsos. Se o jogo se tornar gratuito, imaginamos que a EA poderia introduzir mais microtransações. Antes de se tornar gratuito, a Electronic Arts poderia disponibilizar o seu jogo no EA Play, a sua assinatura mensal que dá acesso a uma colecção de licenças muito populares do estúdio, incluindo jogos antigos de Battlefield.

Meses após o lançamento, a DICE anunciou recentemente que finalmente adicionaria um placard, mas infelizmente essa adição chegará tarde demais. A situação do Battlefield 2042 é tão terrível que até os cheats estão a abandonar o barco. Espera-se que a EA não abandone o seu principal jogo, e que tome rapidamente medidas fortes que tragam os jogadores de volta.

FONTE

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta selecionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.