Apple finalmente permite que os utilizadores reparem o seu iPhone

Apple finalmente permite que os utilizadores reparem o seu iPhone

18 Novembro, 2021 0 Por Joel Pinto

Desta não estava realmente há espera, mas a Apple revelou ontem que vai permitir que os utilizadores possam reparar os seus equipamentos, sem ter que se deslocar a um centro autorizado. Esta é uma iniciativa inédita, e vai permitir que a empresa não seja acusada de restinguir os seus canais de reparação às Apple Store, permitindo que os utilizadores que se sentem com capacidade, possam reparar os seus aparelhos.

Concretamente, a Apple vai permitir que os clientes comprem as suas próprias ferramentas e peças sobressalentes, a fim de reparar os seus produtos Apple por conta própria. Inicialmente, o projecto diz respeito apenas ao iPhone 12 e ao iPhone 13, mas outros tipos de reparação serão oferecidos no futuro, incluindo os MacBook Air M1, MacBook Pro de 13 polegadas, Mac Mini e iMac de 24 polegadas.

Ao dar acesso a peças de reposição, mas também aos manuais oficiais dos seus produtos, a Apple está a assinar uma iniciativa inédita e vai muito além das directrizes governamentais em termos de reparos. Uma vitória para os defensores do direito à reparação e, em particular, para o pessoal do site iFixit, que elogiou este programa da Apple. Resta saber se a empresa norte-americana fornecerá ao público em geral as mesmas informações que fornece aos seus serviços de reparação autorizados.

Apple

Apple permite finalmente que possa reparar o seu iPhone

Se esta notícia soa como um grande passo na luta contra a obsolescência planeada, ela contradiz o discurso feito há anos pela Apple. O pessoal do iFixit enfatiza que, apesar dessa iniciativa, a empresa sempre se opôs às reparações self-service, e na maioria das vezes argumentando que a operação era susceptível de causar acidentes, especialmente no caso de danos causados ​​ao aparelho.

Obviamente, esse avanço da empresa da maça ainda retém alguns pontos cinzentos. Por exemplo, é improvável que a marca permita que os seus clientes usem peças de um vendedor terceirizado, ou mesmo de outro iPhone danificado. No final de contas, e mesmo que o reparação self-service soe como uma pequena abertura por parte da empresa, ainda vai deixar na sua mão todo o controlo da cadeia de produção.

FONTE

Joel Pinto
 | Website

Fundador do Noticias e Tecnologia, e este foi o seu segundo projeto online, depois de vários anos ligado a um portal voltado para o sistema Android, onde também foi um dos seus fundadores.