Encontradas algumas aplicações na Microsoft Store que contêm malware de mineração

Encontradas algumas aplicações na Microsoft Store que contêm malware de mineração

19 Fevereiro, 2019 0 Por Joel Pinto

A Microsoft Store ainda não é o grande foco que Bill Gates esperava, ela provou ser uma das maiores motivadoras da empresa para tentar fazer com que todos nós migrássemos para o Windows 10. Admito que não a uso muito, alias, não a uso de todo, apesar de haver uma série de jogos e aplicações que podem ser facilmente ser acedidos ​​através dele e, como tal, ele tem os seus usos.

Em informação disponibilizada recentemente pela Symantec, algumas aplicações disponíveis na Microsoft Store contêm malware de mineração cryptocurrency. A empresa de pesquisa de segurança aanhou pelo menos 8 aplicações que contêm o que eles chamam de software "cryptojacking":

  • Fast-search Lite
  • Battery Optimizer
  • VPN Browsers+
  • Downloader for YouTube Videos
  • Clean Master+
  • FastTube
  • Findoo Browser 2019
  • Findoo Mobile & Desktop

Para aqueles que não sabem o que isso significa, essencialmente, se executar qualquer uma dessas aplicações no seu PC, eles estão essencialmente a usar o seu hardware (sem a sua permissão) para gerar dinheiro.
Para ser justo, a Windows Store evitou, em grande parte, algumas das críticas dirigidas a outros provedores de aplicações, como os da Apple e do Google. Especificamente, por não abrigar programas maliciosos e, em geral, ter uma melhor monitorização de software. Isto é, no entanto, claramente uma preocupação. Se 8 foram descobertas pela Symantec, quantas mais não foram encontradas, e estão a gerar elevados lucros com o hardware alheio?

A boa notícia é que, embora a Microsoft não tenha aparentemente reconhecido essa informação, eles removeram as aplicações da sua loja.

Se for utilizador de alguma dessas aplicações, e tiver as mesmas instaladas no seu PC, isso pode explicar alguma lentidão que tenha sentido no mesmo, e está na altura de as remover.

Ajude-nos a crescer, visite a nossa página do Facebook e deixe o seu gosto, para ter acesso a toda a informação em primeira mão. E se gostou do artigo não se esqueça de partilhar o mesmo com os seus amigos.