Aplicação de mensagens da Google prestes a receber algo muito esperado

Aplicação de mensagens da Google prestes a receber algo muito esperado

24 Maio, 2020 1 Por Joel Pinto

O RCS, um protocolo sucessor que vai "juntar" o SMS e MMS, deve em breve contar com a criptografia de ponta a ponta, como na maioria das aplicações de mensagens. A versão 6.2 da aplicação de Mensagens do Google até sugere que o serviço estará acessível para aplicações de terceiros.

Com o padrão RCS, a Google encontrou um substituto para os velhinhos SMS e MMS que supera as suas limitações para oferecer uma experiência comparável aos serviços de mensagens proprietários, como WhatsApp, Facebook Messenger, Line, Telegram ou iMessage. Embora a empresa tenha recebido recentemente suporte da Samsung, o protocolo de código aberto ainda não está a ter o sucesso esperado. Ele enfrenta dois grandes problemas, algumas operadoras estão a demorar muito a implementar o mesmo, e também não é tão seguro como o SMS. A Google ignorou o primeiro, integrando o serviço nos seus servidores enquanto esperava que ele fosse implantado nas operadoras. Quanto ao problema de segurança, a empresa parece estar prestes a resolvê-lo com uma nova versão do protocolo.

Segundo está a ser revelado, a versão 6.2 do Google Messages contém dicas que sugerem que a criptografia de ponta a ponta está a ser integrado. Em particular, uma dúzia de strings fazem referencia ao mesmo. Nada ainda permite dizer se é um teste, ou se a Google realmente pretende implementá-lo nas próximas versões da aplicação. No entanto, é difícil imaginar o serviço sem essa funcionalidade essencial para a confidencialidade.

Aplicação de mensagens da Google prepara-se para integrar a criptografia de ponta a ponta no RCS

A descoberta sugere que o serviço estará acessível para aplicações de terceiros. Os utilizadores poderão permitir que outras aplicações acedam a mensagens descriptografadas e também podem enviá-las. Ainda não se sabe quais serão os requisitos para beneficiar da criptografia de ponta a ponta, mas os participantes de uma conversa precisarão de ter uma boa ligação à Internet para tirar proveito da mesma.

Se não for esse o caso, a aplicação vai disponibilizar a solução alternativa, ou seja, o envio de um SMS ou MMS em texto não criptografado.

Ajude-nos a crescer, visite a nossa página do Facebook e deixe o seu gosto, para ter acesso a toda a informação em primeira mão. E se gostou do artigo não se esqueça de partilhar o mesmo com os seus amigos. Siga-nos também no Google Notícias, selecione-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.