Análise TCL 10L: Um telefone de gama média interessante

Análise TCL 10L: Um telefone de gama média interessante

2 Junho, 2020 0 Por Joel Pinto

Depois de no ano passado termos testado o TCL Plex, e de mais recentemente disponibilizarmos a nossa análise do TCL 10 Pro, eis que chegou a vez de disponibilizar a análise do TCL 10L. Um telefone de gama média que não tem um desempenho muito diferente dos outros 2 equipamentos.

Design e ecrã

O design do TCL 10L é muito semelhante ao do já nosso conhecido TCL Plex, e quase que afirmava que são gemeos. Mas existem algumas diferenças entre eles. Neste equipamento a TCL decidiu usar um ecrã IPS com 6,53 polegadas e com a resolução FullHD (1080x2340 pixeis), e a verdade é que ele é um dos ponto mais fortes deste equipamento. Este ecrã conta com um recurso chamado NXTVISION, que mereceu a minha especial atenção nos outros 2 telefones que testei, já que permite transformar uma imagem regular numa imagem HDR. Surge a pergunta: por que isso é necessário? A resposta é muito simples: porque é bonito. A imagem fica mais clara e os meios-tons aparecem em frames escuros. Portanto, se não gosta muito dos ecrãs OLED, esta é uma excelente solução, já que os seus olhos ficam menos cansados ​​ao ler documentos, ou a assistir a vídeos. O telefone ajusta-se à iluminação e altera o equilíbrio de cores da imagem, que é realmente conveniente. Além disso, existe um modo especial para leitura, bem como um modo nocturno para reduzir ainda mais a fadiga ocular.

No lateral direita do equipamento temos o botão Power e os botões de volume. Já na lateral esquerda, temos um botão texturizado para o assistente virtual, que no caso é o Google Assistant. Felizmente este botão pode ser usado para outros fins, ou seja, podemos mapea-lo para qualquer outra coisa, como por exemplo para tirar fotografias, que a meu ver é óptimo. Alem disso, é neste lado que temos o slot nano-SIM.

Na parte inferior temos o único altifalante deste telefone, um microfone e uma porta USB tipo C. Na parte superior, temos a já rara porta de 3,5mm para os fone de ouvido e outro microfone.

Em relação ao ecrã, o mesmo é interessante, já que as suas cores são vibrantes e com nitidez suficiente Alem disso, quando assistimos a conteúdo HDR real, a qualidade de imagem fica espectacular linda. Ele não conta com qualquer entalhe, apenas tem um pequeno orifício para a câmara frontal no canto superior esquerdo. Simples, minimalista e muito bem arrumado. As margens em torno do ecrã são muito finas, incluindo o queixo, o que torna o ecrã muito elegante, e vistoso.

Na parte traseira temos 4 sensores fotográfico dentro de um frame, que nas extremidades tem 2 flash Led. Alem disso, ainda na parte traseira temos um sensor de impressão digital que funciona realmente muito bem.

TCL 10L

Embora possamos encontrar smartphones desta gama com corpo de alumínio, o TCL PLEX mantém o contorno de plástico com um toque que não é nada desagradável. Dupla face de vidro, frente bem utilizada graças ao orifício no ecrã (que não incomoda após alguns minutos de uso), molduras um tanto generosas e uma face traseira com bordas curvas que felizmente não escorregam excessivamente. Embora eu esteja habituado a esses tipos de acabamentos, notei que o TCL 10L é mais escorregadio, por exemplo, que o TCL 10 Pro.

Fotografia

O TCL Plex conta com quadruplo sensor, disposto horizontalmente, na parte traseira, que são acompanhados por dois flash Led em ambos os lados. Até  aqui me faz lembrar o TCL Plex, só que este ultimo conta com 3 sensores. Os módulos da câmara estão dentro de um frame e são salientes, algo que confesso que não me agrada.

A sua câmara principal tem 48 megapixeis, que é acompanhada por um sensor ulta amplo de 8MP, um senso Macro de 2MP e um sensor de profundidade também com 2MP.

TCL 10L

E tal como acontece no TCL Plex, a lente principal de 48 megapixeis por padrão tira fotos de 12 megapixeis. Esta é a mesma técnica de pixel binning que vimos em vários telefones, durante este ano. O objectivo é disponibilizar uma foto com vibração e nitidez mas com ficheiros que ocupam menos espaço.

A maioria das fotos com a lente principal resultou em imagens que não foram saturadas (algo que eu critiquei no TCL 10 Pro ) e apresentaram uma visão bastante realista. Sem zoom as fotos parecem bem detalhadas. Ela fez um bom trabalho ao capturar as mais variadas cores, mas com o zoom ela revela alguns artefactos em alguns objectos. A versão completa de 48 megapixeis revela fotos um pouco mais escuras e oferece a mesma quantidade de detalhes.

O modo retrato funciona com um “desfoque” bastante claro do fundo sob excelentes condições de iluminação. Também existe um módulo de grande angular de 123° - este é o máximo para fotos criativas.

A câmara frontal é de 16 megapixeis com alguns detalhes e reprodução de cores precisa, tira boas fotos no modo automático.

Desempenho e Bateria

No interior deste equipamento temos uma Qualcomm Snapdragon 665, que é acompanhado por 6GB de RAM e 64GB de armazenamento interno, com a opção de expansão através de um microSD. No papel, este 10L deve rápido o suficiente para executar com tranquilidade tudo o que precisa.. e na prática é quase assim.

Com o uso diário, o 10L às vezes apresentava um desempenho admirável, mesmo em jogos um pouco mais intensivos em termos gráficos, como Call of Duty Mobile. No entanto, outras vezes havia pequenos engasgos ao executar tarefas básicas, como abrir a gaveta de aplicações do telefone, fechar ou alternar entre aplicações e percorrer algumas páginas da Web ou listas de reprodução no Spotify.

De um modo geral, ele tem o desempenho esperado para um telefone de gama média, e não consigo identificar grandes diferença de desempenho em relação, por exemplo, ao TCL 10 Pro. Os testes do Antutu revelam pontuações um pouco diferentes entre os 2 modelos, tendo o 10 Pro cerca de 20% mais de poder do que este 10L, no entanto, no uso diário não notei grandes diferenças.

TCL 10L

Em relação à bateria, o TCL 10L conta com 4000 mAh, e é mais que suficiente para um dia inteiro com uso intenso, um dia e meio com uso moderado. Em nenhum momento me preocupei com a sua autonomia, pois todas as vezes que saía de casa com ele carregado, chegava à noite sempre com mais de 25% da bateria. Nesse sentido, e embora eu não possa qualificar a autonomia como "gigante", diria que é mais do que suficiente para a grande maioria dos utilizadores.

A TCL disponibiliza um carregador de 20W, que faz com que o seu carregamento dure menos de 1 hora e meia, isto se deixar o telefone chegar quase aos 0% de bateria. Normalmente meti o mesmo a carregar quando chegava aos 15%, e nunca demorou mais de 1h20 minutos até chegar aos 100%. Não é o mais rápido, mas penso que em termos de carregamento, é bom.

Software

A TCL, como era de esperar, utiliza o sistema operativo Android, e neste seu equipamento, e para ser mais especifico é o Android 10, que é actualmente a versão mais recente do sistema da Google, e a TCL não fez muitas mudança em relação ao seu antecessor. Por isso a empresa continua a usar uma Interface muito suave e rápida. Gosto desta interface, mas ainda vem com algum bloatware, que apesar de poder ser removido com muita facilidade, são dispensáveis. As animações são fluídas, e a troca de aplicações é rápida.

Nota-se que a empresa ainda tem aqui algum trabalho pela frente, e não será pelo software que o TCL 10L deixará de ser um excelente equipamento.

Análise: TCL 10L - Veredicto Final

Este TCL 10L, tal como os outros telefones que já testei desta fabricante, é um telefone realmente interessante. No momento em que me encontro a escrever esta análise, o equipamento tem um preço a rondar os €260, que a meu ver é um ajustado.

TCL 10L

Ele conta com um ecrã adorável, óptimo desempenho e excelente duração da bateria. No entanto, ele conta com uma construção em plástico, e podemos ter alguma dificuldade em ver o que se passa no ecrã sob luz solar directa.

Apesar disso, não podia terminar esta análise sem revelar que também gostei muito do seu altifalantes estéreo que dá algum brilho a quem gosta de assistir a conteúdo multimédia.

Ajude-nos a crescer, visite a nossa página do Facebook e deixe o seu gosto, para ter acesso a toda a informação em primeira mão. E se gostou do artigo não se esqueça de partilhar o mesmo com os seus amigos. Siga-nos também no Google Notícias, selecione-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.