Análise OPPO Reno4 Z 5G: Uma boa sugestão de gama média

Análise OPPO Reno4 Z 5G: Uma boa sugestão de gama média

28 Fevereiro, 2021 0 Por Joel Pinto

Porque nem todas as pessoas precisam de um topo de gama, as grandes fabricantes mundiais de smartphones apostam cada vez mais nos telefones de gama média. E uma das empresas que tem feito um excelente trabalho nesse sentido, é a OPPO, uma empresa que está a operar oficialmente em Portugal há relativamente pouco tempo. Um dos mais recentes equipamentos da marca a chegar ao mercado nacional foi o OPPO Reno4 Z 5G, um telefone de gama média que recebemos recentemente aqui no Noticias e Tecnologia, e que hoje vamos revelar a nossa análise.

OPPO Reno4 Z 5G

Ecrã e Design

Começando pelo seu design, que é inteligente e elegante, mas nada de muito diferente do que aquilo que oferecem a maioria dos smartphones que temos actualmente no mercado. No entanto, isso não quer dizer que seja mau, mas sim uma escolha inteligente, já é prova de que esse design funciona, e este aparelho em particular é relativamente leve, considerando o seu tamanho.

O OPPO Reno4 Z 5G, conta com um ecrã IPS LCD de 6,57 polegadas que conta com um recorte no canto superior esquerdo onde estão alojados dois sensores fotográficos. Este ecrã conta com o proporção 20:9 e a sua resolução FullHD+ tem 1080 x 2400 pixeis, que lhe confere 401 ppi. O ecrã deste smartphone é realmente um dos pontos mais fortes deste equipamento, já que ele conta com uma taxa de refrescamento de 120Hz, que é excelente.

Já na parte traseira temos um sistema de quadrupla câmara que está disposta num frame quadrada no canto superior esquerdo que é ligeiramente saliente em relação ao resto do corpo. O modelo que nos foi enviado para teste chegou na cor Dew White, que é uma cor discreta.

No lateral esquerda do telefone temos os botões de volume e a gaveta para os cartões SIM, enquanto que do lado direito temos o seu sensor de impressão digital que está integrado no botão de alimentação. A parte superior está completamente livre, apenas contando com um pequeno furo para alojar um microfone, enquanto que na parte inferior temos a sua porta USB do Tipo C, mais um microfone, a grelha do altifalante e a porta de 3,5mm para os fones de ouvido.

Fotografia

O verdadeiro teste de qualquer smartphone de gama média, nos dia de hoje, está na qualidade das fotografias que consegue tirar, porque toda a gente quer os melhores sensores possíveis, para poder alimentar as redes sociais, e gravar aqueles momentos importantes que não merecem ser esquecidos.

Infelizmente, não consegui tirar fotos verdadeiramente vibrantes com este Reno4 Z 5G, no entanto a sua qualidade fotográfica está longe de ser má. Ele conta com um sistema de quadrupla câmara na parte traseira, em que o sensor principal conta com 48MP e com abertura f/1,7, que é acompanhado por um sensor Ultra grande angular com 8MP e abertura f/2.2, um sensor de monocromático com 2MP e abertura f/2.4 e um sensor monocromático de profundidade de 2MP.

Com a sua câmara principal de 48MP, vai conseguir tirar fotos interessantes, e o mesmo é válido para a sua lente ultra grande angular de 12MP. No entanto, o que mais gostei foi das fotografias no modo retrato, muito interessantes mesmo.

Já na frente temos 2 sensores fotográficos, em que o principal é um sensor de 16MP com abertura f/2.0 que é acompanhado por um sensor de profundidade de 2MP com a abertura f/2.4. Esses dois sensores de um modo geral funcionam bem, tiram boas fotos e certamente não o vão desanimar.

Em relação ao vídeo, a qualidade não é má, mas está longe de conseguir fazer um bom trabalho quando se filma com os sensores traseiros. Mesmo quando não estamos a tremer muito, notamos que ele não consegue disfarçar esse tremer, e isso é algo realmente indesejado. Ainda assim, a sua qualidade não difere muito daquilo que é oferecido pela grande maioria dos telefones de gama média.

Desempenho

Este telefone da OPPO que já está no mercado nacional, chega com um dos "novos" processadores da Mediatek, o Dimensity 800, um chipset que conta com a integração de um modem 5G. E conforme deve imaginar, ainda não consegui testar o 5G, já que ele ainda não está disponível em Portugal, mas o serviço 4G é realmente muito estável.

Alem desse processador temos 8GB de RAM LPDDR4X, e o modelo que recebemos para teste conta com 128GB de armazenamento interno UFS2.1, sem suporte para expansão. De um modo geral este telefone é muito rápido.

Como sempre (quando é possível) deixo aqui a pontuação na aplicação de benchmark, Antutu, para ficar como referencia:

Em termos práticos, este telefone desenrasca-se muito bem. Em jogos pesados como o Fortnite, PUBG Mobile ou Call of Duty Mobile, o telefone saiu-se bem, com um desempenho que apesar de não ser de topo, permite que se jogue. No resto das tarefas, não foi notada qualquer falha de desempenho que causa-se lentidão, falhas gráficas, ou lag. Tudo é executado de forma relativamente bem.

Ou seja, não é um telefone dos mais velozes da OPPO, mas não o deixará mal.

Software e bateria

Esta é a parte que menos gostei neste smartphone. Não do software em si, mas da sua Interface. É que a OPPO equipou este equipamento com a ColorOS 7.1 que é baseada no Android 10, e que confesso que não gosto da Interface.

Não gosto das cores, não gosto da forma como são organizadas as aplicações, mas isso é apenas um gosto pessoal, que facilmente é resolvido com um launcher de terceiros, que a Play Store tem muitos, mas como estou a avaliar aquilo que a OPPO está a oferecer, tenho de vos revelar a minha opinião sobre o mesmo.

As aplicações, e serviços, da Google estão presentes, e não conta com bloatware, que é uma boa noticia. E não fosse a interface não ser do meu agrado, diria que é o ideal para um smartphone Android.

Nem em termos do patch de segurança ele está actualizado, já que conta com o patch referente ao mês de Dezembro de 2020, quando já temos no mercado equipamentos a receber o patch de Março de 2021.

Em relação à sua bateria, ele conta com uma unidade de 4000mAh, que chega com o carregamento rápido da própria de 18W. Isso significa que precisamos pouco menos de 2 horas para carregar totalmente a bateria. Com 30 minutos no carregador conseguimos 35% de bateria, e é o normal neste tipo de equipamento.

Infelizmente o equipamento não conta com carregamento sem fio, que tem sido o tipo de carregamento que mais tenho utilizado nos últimos meses, no entanto, não é de todo habitual o carregamento sem fio estar presente nos equipamento de gama média.

Em termos de duração de bateria, na minha utilização, que é um pouco alta, a bateria durou um dia inteiro de utilização.. no entanto, se o dia for mais longo que o habitual, é melhor que tenha um carregador consigo.

Veredicto final OPPO Reno4 Z 5G

De um modo geral, gostei deste smartphone da OPPO, e demonstra que a fabricante Chinesa tem feito um trabalho sólido, e empenhado. Alem disso, este smartphone fez-me ver que as gamas médias estão cada vez mais completas, e com isso quem ganha são os utilizadores.

Este é um dos telefones mais baratos, com suporte para as redes 5G, que podemos encontrar nas lojas em Portugal, já que o seu preço ronda os €300.

O seu ecrã, apesar de ser LCD é super Suave, e os seus 120Hz fazem toda a diferença. O mesmo é válido para o seu processador, que apesar de não ser um cavalo de corrida certamente irá satisfazer as necessidades da grande maioria dos utilizadores "regulares".

OPPO Reno4 Z 5G

A parte que menos me agradou neste OPPO Reno4 Z 5G foi o seu sistema operativo. Pessoalmente não gosto da interface, e gosto ainda menos de que em pleno 2021 ainda tenhamos um telefone interessante com o Android 10, mas isto é tudo uma questão pessoal. Depois a sua autonomia precisa de ser trabalhada. Acredito que trabalhando no software, a OPPO, consiga dar uma nova vida à bateria deste equipamento, que bem merece.

A nossa pontuação para este equipamento é:

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta selecionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.