Análise Logitech G Pro X Superlight 2: Tudo o que precisas para Gaming

Análise Logitech G Pro X Superlight 2: Tudo o que precisas para Gaming

24 Janeiro, 2024 0 Por Joel Pinto

Como podem ter percebido pelo titulo deste artigo, o mesmo é dedicado à nossa review do Logitech G Pro X Superlight 2, um rato gaming que foi anunciado no passado mês de setembro, e que estamos a utilizar desde o passado mês de dezembro.

Este Logitech G Pro X Superlight 2 é uma das mais recentes opções da empresa para jogadores que procuram obter a vantagem competitiva resultante do uso do mouse mais leve possível. Isso equivale a várias atualizações ocultas em relação ao primeiro X Superlight. No entanto, ele reúne o máximo de desempenho que é possível ter num mouse tão leve, que chega a ser difícil de acreditar.

O que vamos conhecer nesta review?

Design

Com um design básico em nome da redução de peso, o Superlight 2 pesa apenas 60 gramas. Praticamente a única forma óbvia pela qual a Logitech poderia ter reduzido mais peso seria omitindo a tampa do suporte do dongle USB, mas esse é sem dúvida um recurso essencial para jogadores mais exigentes que viajam com frequência. Se não precisar da capa, ela poderá ser trocada por outros recursos que a maioria das pessoas não achará úteis, como um disco de carregamento sem fio opcional para funcionar com os tapetes PowerPlay, da Logitech, o que pode aumentar o peso e prejudicar aquele que é o principal destaque do mouse. A outra opção é trocar a tampa padrão por outra tampa incluída que tenha um pé extra de PTFE.

Talvez a parte mais impressionante do Superlight 2 seja que a Logitech conseguiu atingir esse peso sem recorrer aos numerosos pequenos recortes no corpo vistos em tantos mouses ultraleves para jogos.

Assim como no seu antecessor, este Logitech G Pro X Superlight 2 tem algumas cores que pode escolher, como o preto, o branco ou até o magenta. Oferece a mesma empunhadura ambidestra, uma oferta bem-vinda para canhotos, embora tenha apenas botões de polegar no lado esquerdo. O formato não é muito ergonómico para quem como eu tem mãos grandes, mas tem quadril suficiente para uma pegada confiável entre o polegar e o dedo mínimo. Isso é uma boa notícia para as pinças de palma, já que o mouse não possui aderência embutida além do acabamento levemente aderente do próprio plástico.

Logitech G Pro X Superlight 2

O mouse conta com apenas quatro botões e uma roda de rolagem clicável. Ou seja, não tem qualquer botão DPI, e a única iluminação que pode ser vista é um indicador de energia bem no topo. Abaixo dos botões, a Logitech utiliza is seus switchs ópticos/mecânicos híbridos Lightforce. Eles clicam levemente e são bons para algumas batidas rápidas. Os botões do polegar não são muito moles e estão bem posicionados para fácil acesso. A roda de rolagem é precisa, mas é muito rígida para clicar e dificulta a repetição de pressionamentos.

Ligação e desempenho

O Logitech G Pro X Superlight 2 é obviamente um mouse sem fio e utiliza um transmissor USB tipo A compacto, embora também possa obter uma ligação com fio através de um cabo USB-C. O mouse ainda suporta uma taxa de polling aumentada com a sua ligação sem fio, saltando do padrão de 1000 Hz para 2000 Hz. Isso não é visto em muitos mouses para jogos, embora alguns outros o suportem.

O Superlight 2 também atualiza o sensor de seu antecessor com o novo sensor Hero 2, que oferece no máximo 32.000 dpi e rastreamento de mais de 500 polegadas por segundo.

Com a sua ligação sem fio, Logitech G Pro X Superlight 2 oferece um desempenho excecionalmente bom nos testes, oferecendo uma mira consistente e confiável durante muitas horas em Counter-Strike 2 e Warzone e Battlefield 2042. O rastreamento do novo sensor Hero 2 foi perfeito e a sua ligação sem fio nunca nos falhou, mesmo no agitado ambiente em que o testei. Ele também manteve a sua bateria com duração nominal de 95 horas, funcionando durante mais de uma semana de uso substancial (teve dias com 12 horas) antes de necessitar de o recarregar.

Logitech G Pro X Superlight 2

Software

A Logitech gere a personalização do mouse através da aplicação G Hub, que todos conhecemos, que está disponível para Windows e Mac. Não encontrará muito o que personalizar neste mouse, visto que ele possui apenas alguns botões e não conta com qualquer tipo de iluminação RGB, e o que pode personalizar, é granular.

Contudo pode gerir a sensibilidade do Superlight 2, com a opção de ter cinco predefinições diferentes por perfil. Ele permite ajustar as configurações de DPI em incrementos de 5, o que é muito melhor do que alguns dos mouses que já testei, que só me permitem ajustar em incrementos de 100, evitando que eu encontre aquele ponto ideal de 1250 dpi quando quero reduzir pela metade perfeitamente os meus habituais 2500 dpi. A aplicação também permite configurações separadas de DPI vertical e horizontal na secção Avançado, e cada slot de DPI pode ter uma distância de decolagem diferente (Baixa, Média ou Alta)... mas confesso que é algo onde não mexi.

A taxa de polling também é ajustável para os modos com e sem fio separadamente, com o modo sem fio a suportar até 2.000 Hz conforme mencionado acima, enquanto o modo com fio atinge o máximo de 1.000 Hz. Nas configurações de hardware, o G Hub também oferece uma opção para definir os switches híbridos Lightforce para um modo somente óptico, que deve aumentar a capacidade de resposta, mas diminuir a sua autonomia.

Podemos também remapear todos os botões do mouse, incluindo o clique principal (embora a Logitech irá exibir um aviso se fizer isso). A aplicação possui vários comandos predefinidos para atribuir e possui uma ferramenta de macro fácil de utilizar que orienta os utilizadores em todas as etapas para criar as suas próprias macros. A aplicação também suporta o recurso G-Shift, que permite segurar um botão do mouse para dar a outros botões uma função secundária.

Veredito Final Logitech G Pro X Superlight 2

O Logitech G Pro X Superlight 2 definitivamente não é para todos os jogadores. Estamos a falar de um mouse gaming que é básico em termos de recursos, mas o que tem de sobra é um excelente desempenho, com rastreamento rápido e preciso, e um design leve que é fácil de usar o dia todo.

Estamos a falar de um produto que é mais adequado para jogadores competitivos que têm tudo sob controlo e não precisam de trocar as configurações de DPI com frequência, mas que precisam das taxas de pesquisa mais rápidas para acompanhar o ritmo do jogo.

Como tal, a nossa nota para o Logitech G Pro X Superlight 2 é:

Este Logitech G Pro X Superlight 2 foi-nos gentilmente disponibilizada pela marca para que a review pudesse ser feita. Se quiser obter mais detalhes, pode aceder à página oficial do produto aqui. No momento em que este artigo está a ser escrito, a Amazon está a fazer uma promoção para este mouse, se quiser aproveitar, só precisa de aceder aqui.

Já deixou o seu like na nossa página do Facebook, no, Threads, do Instagram, do BlueSky e do X? Receba toda a informação em primeira mão. Siga-nos também no Google Notícias, basta seleccionar-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.

Joel Pinto

Fundador do Noticias e Tecnologia, e este é o seu segundo projeto online, depois de vários anos ligado a um portal voltado para o sistema Android, onde também foi um dos seus fundadores.

Informático de profissão, e apaixonado por novas tecnologias, desportos motorizados e BTT.