Análise Kobo Libra 2: um e-Reader completo

Análise Kobo Libra 2: um e-Reader completo

1 Novembro, 2021 0 Por Joel Pinto

Há algumas semanas recebemos o Kobo Libra 2, um novo e-Reader que chegou ao mercado neste final do mês de Outubro. Trata-se da mais geração de e-Readers que conta com muitas melhorias se comparado com o seu antecessor, como por exemplo o facto de já contar com suporte para os audiolivros.

Este Kobo Libra 2 conta com um ecrã E INK de 7 polegadas com a resolução de 1264×1680 com 300 PPI. Alem disso, este é um ecrã E Ink Carta 1200, que oferece um aumento de 20% no tempo de resposta em relação ao E Ink Carta 1000 e uma melhoria na taxa de contraste de 15%. Trata-se e um ecrã capacitivo e que é sensível ao toque.

Alem disso, o ecrã do e-reader não está totalmente alinhado com a moldura, já que temos uma inclinação muito pequena. Mas pode ficar descansado, já que o ecrã é protegido por um substrato de vidro, que o protege.

No interior do Kobo Libra 2 temos um processador single-core que opera no máximo a 1Ghz, 512MB de RAM e 32GB de armazenamento interno. Conta com uma porta USB-C que serve para carregar o dispositivo e uma respeitável bateria de 1500mAH. Alem disso, ele conta com Bluetooth 5.1 para ligar um par de fones de ouvido, ou uma coluna, para que possa ouvir os audiolivros, pois o dispositivo em si não conta com qualquer altifalante.

Este dispositivo é à prova d'água com uma classificação IPX8, portanto, pode ser submerso em água durante 60 minutos e uma profundidade de 2 metros. Vejo isto como uma medida protectora para quem gosta de ler na praia, ou na piscina, e em momento algum é aconselhado a sua utilização dentro de água (é que nem vejo utilidade).

Alem, do touchscreen, o dispositivo conta com botões físicos que também podem servir para virar a página, que funcionam muito bem.

O Kobo Libra 2 tem ligação "directa" com a sua própria Livraria, a Kobo, mas também tem acesso ao Overdrive alem do acesso através do Pocket através da sua ligação WI-FI. No entanto, a Kobo sempre foi conhecida como sendo uma das melhores marcas que existem para conteúdo sideload. Ou seja, não precisa de comprar, ou descarregar, os conteúdos exclusivamente da sua livraria. O Kobo Libra 2 suporta 12 fontes e 50 tamanhos de fonte diferentes. Pode fazer o sideload dos seus próprios e-books (por exemplo, que tenha no PC), e ele suporta EPUB, EPUB3, PDF, FlePUB, MOBI, CBR e CBZ. Ao abrir um livro carregado obtém todas as opções de um livro normal, como a capacidade de ajustar o tipo, e tamanho da fonte, espaçamento entre linhas e espessura. Há também uma série de opções avançadas para personalizar a sua experiência de leitura, proporcionando uma boa visão do antes e depois, e antes de salvar as alterações. A Kobo também é uma das poucas marcas que suportam o sideload das fontes, então certamente não vai ficar preso aos padrões do dispositivo.... e é aqui que a Kobo é das melhores marcas.

No entanto, a Livraria Kobo conta com muitos títulos gratuitos e pagos, a empresa opera a sua própria plataforma de autopublicação, Kobo Writing Life e esses também estão incluídos na sua livraria.

Veredicto final Kobo Libra 2

O Libra 2 é um e-reader dedicado, usado para ler ebooks, e não compromete em qualquer momento. A sua leitura é muito agradável e a sua autonomia é excelente. Durante os meus testes utilizei o Kobo Libra 2 durante mais de 2 semanas seguidas, com a utilização diária de mais de 1 hora, e precisei apenas de uma carga, que é excelente.

Os únicos pontos menos positivos é mesmo o facto dele não contar com um altifalante para os audiolivros, é que isso obrigado-nos a utilizar um par de fones de ouvido, ou uma coluna externa, mas que são de fácil emparelhamento. Outro ponto menos negativo parece ser o seu processador e/ou memoria, já que a abertura dos ebooks não é a mais rápida já que já testamos. Demora apenas alguns segundo, mas em alguns momentos notamos alguma lentidão, mas nada que estrague a experiência de utilização.

Assim, a nossa nota para o Libra 2 é (3 de 5):