Análise Huawei Matebook 14: Bonito, rápido e eficiente

Análise Huawei Matebook 14: Bonito, rápido e eficiente

10 Outubro, 2020 0 Por Joel Pinto

Três meses depois de ter chegado oficialmente ao mercado Português, chegou o momento de vos disponibilizar a nossa análise do Huawei Matebook 14, que não deve ser confundido com o Matebook D14, que já disponibilizamos a nossa análise aqui.

Design e ecrã

Esta versão do MateBook encaixa-se perfeitamente em tudo o que precisa, tanto para uso escolar, profissional, ou simplesmente para entretenimento. Ele vem numa cor prata realmente muito bonita e com apenas 1,53 kg, que é algo aceitável para um portátil com ecrã de 14 polegadas, que tem o seu chassi totalmente construído em metal.
Ele conta com duas portas USB (uma USB 2.0, uma USB 3.0), e uma porta USB do Tipo C, saída HDMI de tamanho normal e uma entrada para os fone de ouvido de 3,5 mm. Isso faz com que ele seja muito bem equipado, já que permite que utilize vários periféricos, e dispositivos USB, sem adaptadores. Talvez falte uma porta LAN, mas a sua ausência já é frequente nos equipamentos mais recentes, não só dos da Huawei.
Esta porta USB do tipo C pode lidar com transferências de dados, e saída de vídeo DisplayPort.

Os seus altifalantes estão localizados na parte inferior do chassi, com pequenas grades nos lados esquerdo e direito e uma grade mais longa na parte traseira. Estes têm a assinatura Dolby Atmos e soam um pouco melhor do que os altifalantes dos laptop mais comuns, mas não espere realmente grandes maravilhas em termos de som.

E tal como já acontece com Matebook D14, a webcam deste portátil está "escondida" abaixo da tecla dedicada para essa função, surgindo quando a pressionamos. Em teoria, esta é uma ideia inteligente, já que mover a câmara para longe do ecrã permite que a moldura superior do mesmo seja mais fina, e qualquer pessoa com questões de privacidade pode mantê-la escondida com muita facilidade. No entanto, na prática, ela fica num ângulo nada lisonjeiro, já que sentados em frente ao mesmo, ela aponta para o peito, e não para o nosso rosto (pelo menos no meu caso).  Depois ainda temos alguns inconvenientes, por exemplo, ao digitar no teclado durante uma vídeo chamada fará com que quem estiver do outro lado tenha um grande close das nossas mãos.

Ele tambem conta com um sensor de impressão digital, que está montado directamente no botão Power, e funciona de forma confiável e quase instantâneamente.
Tal como já tinha revelado, o ecrã do Matebook 14, tal como o seu nome sugere, conta com 14 polegadas. Trata-se de um painel IPS com uma proporção de 3:2 e com a resolução máxima de 2160x1440, que é a resolução 2K. Ele conta com uma proporção de ecrã vs corpo de 90%,, que lhe confere um visual realmente premium. Alem disso, ele tem uma boa taxa de contraste, com uma gama de cores 100% sRGB que as tornam realmente brilhantes e vibrantes. Mas essas não vão as unicas mais valias deste ecrã, já que ele de facto é ecrã  sensível ao toque (touch Screen), com 10 pontos multi-touch. E para proteger a nossa vista, a Huawei dotou este equipamento com uma tecnologia que permite a redução da luz azul.

No interior do Huawei Matebook 14

Este laptop é um verdadeiro cavalo de corrida, e o seu desempenho é realmente impressionante, já que ele combina um Intel Core i7-10510U com 16GB de RAM e um SSD PCIe de 512GB.

Outra vantagem do Huawei MateBook 14 é seu chip gráfico Nvidia MX350. Comparando-o com o do Matebook D14, o Radeon Vega 8, ele fornece um grande aumento de desempenho, que nota-se em muitas situações, especialmente nos jogos.

A sua bateria de alta capacidade conta com 56Wh que a Huawei promete durar mais de 14 horas de uso. No entanto, nos meus testes, não consegui fazer mais de 9 horas com uma única carga, que se diga de passagem, é simplesmente brutal. Esta bateria pode ser recarregada através da porta USB do Tipo C e conta com a tecnologia de carregamento rápido. Nos meus testes precisei quase 2 horas para carregar totalmente a bateria do laptop com o carregador de 65W que vem com o mesmo. Interessante, é que este mesmo carregador é adequado também para smartphones que suportem a tecnologia Huawei SuperCharge, o que significa que o poderá usar, por exemplo no escritório, para carregar o seu smartphone.

Veredicto final

Comparado com o Matebook D14, este Matebook 14 é de longe uma melhor opção. Ele vem com tudo o que de bom o D14 já possuía, como um corpo totalmente em metal, acabamento premium, e um design realmente muito interessante. Mas este vem com diversos "boosts" que o torna ainda mais apetecível. Desde logo a começar pelo seu ecrã que tem uma resolução superior, que o torna muito mais agradável à vista, e já para não falar do facto dele ser sensível ao toque. Depois a combinação do processador, memoria RAM e do SSD tornam este Matebook 14 um dos laptops mais rápidos que alguma vez testei, e que dão uma nova vida ao Windows 10 Home, que o equipa.

Como tal: O Huawei Matebook 14, é bonito, rápido e eficiente. O que queremos mais num portátil?

Ajude-nos a crescer, visite a nossa página do Facebook e deixe o seu gosto, para ter acesso a toda a informação em primeira mão. E se gostou do artigo não se esqueça de partilhar o mesmo com os seus amigos. Siga-nos também no Google Notícias, selecione-nos entre os seus favoritos clicando na estrela.